Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Voltar PSG tenta cortar 25% do salário de Messi; renovação complica

A renovação do contrato de Messi com o PSG parece cada dia mais improvável, com as negociações entre o clube e o estafe do craque chegando a um impasse. Segundo a emissora norte-americana ESPN, a equipe parisiense tenta cortar o salário do jogador em 25% em um possível novo contrato.

Messi recebe cerca de 40 milhões de euros (221 milhões de reais) por ano e não estaria disposto a ver seus vencimentos reduzidos. Esse seria apenas um dos fatores complicadores da negociação, que levaram o jornal francês L’Equipe a noticiar que um “divórcio” entre o clube e o camisa 30 estaria próximo.

Ainda segundo a ESPN, o pai e empresário do jogador, Jorge Messi, ainda voltará a se reunir com o clube no fim deste mês. O argentino de 35 anos tem contrato até o final de junho e, neste momento, já pode assinar pré-contrato com qualquer outra equipe. O Barcelona já manifestou publicamente o interesse em levá-lo novamente para a Catalunha.

“Leo e sua família sabem do carinho que tenho por eles. Eu diria sim para tudo na negociação. Se falamos de La Masía, falamos de Leo. Adoraria que ele voltasse pelo que pode representar, não só a nível desportivo. As histórias bonitas da vida têm de acabar bem, e já iniciamos as conversas com Messi e seus agentes”, afirmou o vice-presidente do Barcelona, Rafael Yuste,

O relacionamento entre Messi e a torcida do PSG não tem sido dos melhores. O craque foi vaiado nas duas últimas partidas do clube em casa. Entre comentaristas locais, é alvo de críticas pela “diferença de entrega” entre os momentos em que está no clube e os que está com a seleção da Argentina, pela qual foi tricampeão do mundo no fim do ano passado, no Catar.

Após a derrota por 1 a 0 para o Lyon, no último sábado, o técnico Cristophe Galtier saiu em defesa do jogador e afirmou que as vaias foram muito duras. “É um jogador nos dá muito e fez isso no início da temporada”. O PSG tenta evitar se complicar no fim do Campeonato Francês: a nove rodadas do fim, lidera com seis pontos de vantagem para o Lens.

Galtier afirmou que o caso da renovação do contrato tem sido tratado internamente e de forma “confidencial”. O treinador garantiu que existe negociação, mas fugiu do tema.

“Estamos trabalhando no que vai acontecer na próxima temporada, juntamente com o Luís Campos (diretor esportivo) e a direção. Existe o que queremos fazer, mas também existem as posições de cada um, do clube e dos jogadores”, disse o treinador.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã