Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Voltar Tênis: atleta mulher mais bem paga do mundo em 2023 faturou R$ 116,7 milhões; veja top 20

A tenista Iga Swiatek, número um do ranking mundial, foi a esportista mais bem paga de 2023, com US$ 23,9 milhões (R$ 116,7 milhões), dos quais US$ 14 milhões são de patrocinadores. A polonesa de apenas 22 anos é a atual campeã do WTA Finals e de Roland Garros.

A informação foi divulgada pela revista americana Forbes, que aponta a esquiadora Eileen Feng Gu, também conhecida por seu nome chinês Gu Ailing, em segundo lugar com US$ 22,1 milhões. Gu, americana que compete pela China, também é modelo e recebeu US$ 22 milhões de contratos publicitários com marcas como Louis Vuitton e Victoria’s Secret.

Nenhuma atleta brasileira figura na lista. Apesar de ter a sua melhor temporada em termos de desempenho esportivo e faturamento, a tenista Bia Haddad Maia não entrou no top-20 da Forbes. Ela encerrou o ano com premiação de US$ 2,86 milhões, equivalente a R$ 13,95 milhões, e fechou este ano em 20º lugar no ranking dos tenistas profissionais mais bem pagos, entre homens e mulheres. O faturamento de Bia foi impulsionado pelos bons resultados obtidos em Roland Garros, onde atingiu a semifinal, e no WTA Elite Trophy, onde foi campeã de simples e duplas e faturou R$ 3,16 milhões.

Desde a criação do ranking em 2008, só outras três tenistas haviam ocupado a liderança: Maria Sharapova e Serena Williams, hoje aposentadas, e Naomi Osaka, que fez uma pausa na carreira.

A modalidade esportiva ocupou os oito lugares seguintes no ranking das atletas que mais arrecadaram na temporada, num ranking feito somente para elas, com a americana Coco Gauff (US$ 21,7 milhões), a britânica Emma Raducanu (US$ 15,2 milhões), a japonesa Naomi Osaka (US$ 15 milhões, tudo em propaganda porque estava em licença maternidade), a bielorrussa Aryna Sabalenka (US$ 14,7 milhões), a americana Jessica Pegula (US$ 12,5 milhões), a veterana Venus Williams (US$ 12,2 milhões), a cazaque Elena Rybajina (US$ 9,5 milhões) e a canadense Leylah Fernández (US$ 8,8 milhões).

Confira a lista das 20 atletas mais bem pagas em 2023

1. Iga Swiatek (tênis) – US$ 23,9 milhões
2. Gu Ailing (esqui) – US$ 22,1 milhões
3. Coco Gauff (tênis) – US$ 21,7 milhões
4. Emma Raducanu (tênis) – US$ 15,2 milhões
5. Naomi Osaka (tênis) – US$ 15 milhões
6. Aryna Sabalenka (tênis) – US$ 14,7 milhões
7. Jessica Pegula (tênis) – US$ 12,5 milhões
8.Venus Williams (tênis) – US$ 12,2 milhões
9.Elena Rybajina (tênis) – US$ 9,5 milhões
10. Leylah Fernández (tênis) – US$ 8,8 milhões
11. Nelly Korda (golfe) – US$ 8,2 milhões
12. Megan Rapinoe (futebol) – US$ 8,2 milhões
13. Candance Parker (basquete) – US$ 8,1 milhões
14. Alex Morgam (futebol) – US$ 7,8 milhões
15. Qinwen Zheng (tênis) – US$ 7,2 milhões
16. Simone Biles (ginástica) – US$ 7,1 milhões
17. P.V. Sindhu (badminton) – US$ 7,1 milhões
18. Ons Jabeur (tênis) – US$ 5,7 milhões
19. Brooke Henderson (golfe) – US$ 5,4 milhões
20. Marketa Vondrousova (tênis) – US$5,2 milhões

 

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde