Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Voltar Corpo esquartejado de uma mulher é encontrado dentro de mala no Rio dos Sinos

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher cujo corpo esquartejado foi encontrado por um pescador em São Leopoldo (Vale do Sinos) na tarde de quinta-feira (4). O cadáver desmembrado – e ainda não identificado – estava dentro de uma mala vermelha em trecho do Rio dos Sinos próximo à avenida João Corrêa (bairro Vicentina).

Devido a fatores como decomposição e a próprio fracionamento, a análise necropsial realizada por técnicos do Instituto Geral de Perícias (IGP) ainda não permitiu determinar a idade da vítima e nem como ela morreu. Relatos extraoficiais sugerem, entretanto, tratar-se de uma mulher de pela clara e aparentemente jovem. Nas redes sociais circula uma foto da suposta mala à margem do rio.

Não há informações confirmadas na região sobre possíveis desaparecidos com características que se encaixem em tal perfil. Tudo dependerá de conclusão do laudo do IGP, cujo resultado não tem data prevista.

Feminicídio

Já no bairro Lomba do Pinheiro, Zona Leste de Porto Alegre, a microempresária Mayla Cardoso se tornou a primeira vítima gaúcha de feminicídio neste ano, ao ser atingida por golpe de chave-de-fenda no tórax. O crime foi cometido no início da tarde de quinta-feira (4), diante dos três filhos da mulher, com idades de 3 a 12 anos.

Acionada para atender a ocorrência, a Brigada Militar conseguiu prender em flagrante no local o ex-companheiro da vítima, de 31 anos. Ele tem 32 e é pai da criança mais nova.

Informações preliminares chegaram a circular, inclusive na imprensa, relatando o uso de um espeto de churrasco como arma, mas a versão acabou refutada por testemunhas. Esse artefato teria sido utilizado pelo filho adolescente na tentativa – em vão – de conter a violência manifestada pelo ex-padrasto durante a briga, que culminou no feminicídio.

(Marcello Campos)

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada