Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Voltar Virgin Orbit, do bilionário Richard Branson, declara falência após lançamento de foguete falhar

A empresa de foguetes do bilionário Richard Branson, a Virgin Orbit, anunciou, nesta terça-feira (4) que entrou com pedido de falência, em meio a um problema de falta de capital que a forçou a congelar as operações e demitir a maior parte de sua equipe na semana passada.

A empresa disse em um comunicado que entrou com pedido de falência no tribunal de Delaware e que buscará um comprador para seus negócios.

“Embora tenhamos feito grandes esforços para resolver nossa situação financeira e garantir financiamento adicional, em última análise, devemos fazer o que é melhor para o negócio”, disse o CEO Dan Hart no comunicado. “Nesta fase, acreditamos que o processo de falência representa o melhor caminho a seguir para identificar e finalizar uma venda eficiente e maximizadora de valor.”

Branson fundou a Orbit em 2017 como uma empresa irmã de sua maior empresa de voos espaciais, a Virgin Galactic. Ele alcançou um sucesso inicial em 2021, quando colocou um foguete em órbita, partindo da Califórnia. Mas, no início de janeiro, sua primeira tentativa de lançamento orbital do Reino Unido falhou, com a empresa relatando um desligamento prematuro.

A Virgin Investments, de Branson, forneceu US$ 31,6 milhões para manter a operação reduzida da empresa enquanto continua buscando um comprador, de acordo com um comunicado. O CEO Dan Hart disse que está buscando uma transação que posicione a Virgin Orbit e seus ativos “para futuras oportunidades e missões”.

“Concorrente”

O teste de voo orbital do foguete Starship, da SpaceX, pode estar mais próximo de acontecer do que parece. Em preparação para a ocasião, a empresa moveu o protótipo do propulsor Super Heavy ao seu local de lançamentos no Texas, e a Nasa parece ter preparado aeronaves para observar a tentativa de lançamento, que poderá acontecer já na próxima segunda-feira (10).

A SpaceX vem realizando uma série de procedimentos para lançar o Starship em seu primeiro teste de voo orbital. Um dos mais recentes aconteceu em fevereiro, quando todos os motores do Super Heavy foram acionados. Já em março, Elon Musk, CEO da empresa, sugeriu que o teste de voo do Starship poderia ocorrer em abril, sem especificar uma data.

Agora, o Conselho para Plano de Operações, elaborado pela Administração Federal de Aviação (FAA) – instituição que regula voos nos Estados Unidos –, aponta que o voo do Starship pode acontecer no dia 10, tendo os dias 11 e 12 como opções caso o lançamento não aconteça na segunda.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Clube do Ouvinte