Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Voltar VI Fórum Agro Inovação: tecnologia, educação e economia em pauta na 46ª Expointer

O VI Fórum Agro Inovação, Presente e Futuro ocorreu nesta quinta-feira (31), na Casa da Rede Pampa na Expointer. O evento buscou ampliar os conhecimentos sobre o desenvolvimento do agronegócio no Rio Grande do Sul e contou com a participação de grandes nomes do setor para discutir o atual momento econômico e projetar o futuro.

No primeiro painel, participaram o secretário estadual da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação, Giovani Feltes; o presidente do Banrisul, Fernando Lemos; o presidente da Assembleia Legislativa gaúcha, Vilmar Zanchin; o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica; e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Gilberto Petry. 

Em seu pronunciamento, o secretário Giovani Feltes comentou sobre as 48 novas estações meteorológicas do Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos (Simagro-RS) que serão instaladas e que orientam o setor em relação à previsão de ventos e chuvas. “O RS foi o estado que mais sofreu com questões climáticas nos últimos anos. Foram cerca de R$ 42 bilhões perdidos na nossa economia. Mas me parece que há uma mudança cultural e que estamos dando mais relevância a esse assunto em vez de esquecer da estiagem no primeiro pingo de chuva”, avaliou. 

Durante o segundo painel, os palestrantes traçaram um panorama do cenário econômico nacional e internacional. Foto: Anna Alves

Já em relação ao crédito para o agronegócio, o presidente Fernando Lemos destacou o papel desafiador da instituição enquanto banco público. Segundo ele, a função do Banrisul é ser indutor do desenvolvimento para a construção de um estado em que se acredita. “O crescimento da carteira do agro é fruto disso, de apostarmos na tecnologia, na inovação e no aumento da produtividade”, ressaltou o dirigente. 

Para o presidente da Cotrijal, um dos maiores desafios da agricultura atualmente é conseguir manter o homem no campo. Pensando nesse cenário, a cooperativa atua incentivando jovens e mulheres produtoras a seguir gerindo as propriedades rurais familiares. Apesar disso, Mânica se mostrou otimista em relação ao futuro do setor: “na minha visão, só teremos safras recordes daqui pra frente”. 

A segundo mesa do fórum foi composta pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo; o economista-chefe da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Antonio da Luz; o economista e pesquisador do Departamento de Economia e Estatística (DEE) Rodrigo Feix; o CEO da Bateleur, Fernando Marchet; e o vice-presidente do Banrisul, Irany Sant’Anna.  

Durante o painel, os economistas traçaram um panorama do cenário econômico nacional e internacional. Antonio da Luz explicou que “não há outra alternativa para baixar a inflação do que o aumento dos juros”. Em sua análise, o Brasil começou o processo de elevação dos juros bem antes, que agora já estão em queda, colocando o país em uma posição mais confortável quando comparado ao resto do mundo. 

Encerrando a edição, Irany Sant’Anna abordou o tópico da educação financeira. “O agro é volátil, tanto pelo clima quanto pela taxa de câmbio e preço das commodities. Por isso a gestão de caixa é tão importante para os produtores rurais, evitando a perda de dinheiro e o endividamento”, afirmou o vice-presidente do Banrisul. 

O Fórum Agro Inovação, Presente e Futuro foi uma realização da Rede Pampa em parceria com o Banrisul e apoio da Cotrijal. O evento será retransmitido no canal da TV Pampa no dia 10 de setembro, às 11h.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã