Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Voltar Triatleta Luisa Baptista é atropelada durante treino e está internada em estado grave

A triatleta brasileira Luisa Baptista, de 29 anos, foi atropelada durante um treino na manhã de sábado (23) e foi internada em estado grave na Santa Casa de São Carlos (SP).

Segundo atualização do Sesi São Carlos, onde Luísa atua, a atleta pedalava na Estrada Municipal Abel Terrugi (SCA-329) entre os distritos de Água Vermelha e Santa Eudóxia, em São Carlos, quando uma moto que vinha pela pista colidiu na traseira da bicicleta dela. A informação inicial era do envolvimento de um carro, descartada pela polícia.

Segundo a Santa Casa de São Carlos, Luisa sofreu politrauma grave. Foram identificadas lesões no pulmão direito dela, fraturas de diversos arcos costais e perna direita.

Ela passou por cirurgia e seguirá internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O estado de saúde dela é considerado grave.

Já o motociclista Naym José Sales, de 27 anos,  foi socorrido para o mesmo hospital com picos de confusão e ferimentos de média complexidade. O estado dele é estável.

A Polícia Civil investiga as causas do acidente, que foi registrado como lesão corporal culposa (quando não há intenção).

Boletim de ocorrência informa que o motociclista não tinha habilitação para dirigir a moto, com base em consulta na Prodesp, empresa de tecnologia do Estado de São Paulo. O veículo foi apreendido pela Polícia Militar.

Natural de Araras (SP), Luisa faturou a medalha de ouro no triatlo feminino nos Jogos Pan-americanos do Peru, em 2019, no individual e na categoria mista, ao lado de Manoel Messias.

Luisa tem uma vida inteira dedicada ao esporte e começou a nadar com apenas 9 meses. Nos anos 2010, ela veio para São Carlos para treinar com a equipe do Sesi, se tornando uma grande promessa no triatlo.

Ela integrou a equipe nacional campeã do revezamento misto nos Jogos Sul-Americanos de 2018, em Cochabamba, na Bolívia. No mesmo evento, conquistou a prata na competição feminina.

O condutor da moto estava indo trabalhar. O pai dele afirmou que o filho foi resgatado consciente, mas estava desorientado. Não há informações sobre a cidade onde ele vive.

O Sesi São Carlos, onde a triatleta atua, emitiu um comunicado sobre o acidente e informou que está prestando apoio à família de Luisa.

“Informamos que a atleta de Triatlhon Luísa Batista, da equipe do SESI São Carlos, sofreu um acidente quando estava em treinamento na manhã deste sábado, 23 de dezembro, numa estrada no distrito de Santa Eudoxia. Com informações atualizadas, segundo a perícia policial, foi constatado, no momento do acidente, o envolvimento de uma moto, que se chocou com a bicicleta. Luísa segue internada na Santa Casa de São Carlos. O SESI São Carlos está prestando toda a assistência à atleta e sua família.”

No X (antigo Twitter), o Comitê Olímpico do Brasil publicou a seguinte nota:

“O Comitê Olímpico do Brasil deseja total recuperação à triatleta Luisa Baptista, campeã pan-americana em Lima 2019 e atleta olímpica em Tóquio 2020, após grave acidente na manhã deste sábado, 23. Força, Luisa! Estamos com você!”.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde