Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Voltar Sean Penn revela que pensou “pegar armas contra a Rússia”

Sean Penn considerou juntar-se à resistência ucraniana na guerra contra a Rússia. “Estando na Ucrânia, lutar é algo que passa pela sua cabeça. E você começa a pensar em que século estamos. Estava abastecendo o carro em um posto em Brentwood (bairro de Los Angeles) em um dia, e agora estou pensando em pegar em armas contra a Rússia? O que diabos está acontecendo?”, afirmou o ator e diretor em entrevista ao primeiro volume da revista “Hollywood Authentic”.

No final de fevereiro, Penn visitou a Ucrânia para rodar um documentário sobre a invasão russa ao país. O astro duas vezes vencedor do Oscar participou de uma coletiva do governo em Kiev, capital da Ucrânia, e foi recebido pelo presidente Volodymyr Zelensky. Dias depois, ele deixou o país a pé pela Polônia, fazendo o mesmo caminho que milhares de refugiados. Ele retornou aos Estados Unidos no início de março.

Na mesma entrevista, o ator destacou que já vinha mantendo contato com Zelensky desde o início da pandemia, antes mesmo da confirmação do conflito. Inicialmente, a ideia era que Penn realizasse um documentário sobre a Ucrânia e não necessariamente sobre a guerra.

Penn ainda não concluiu as filmagens de seu documentário e pretende retornar à Ucrânia para isso, mas ainda precisa planejar bem a situação. Sem querer ser invasivo demais, ele evita fazer solicitações diretamente ao governo ucraniano, que possui maiores preocupações. No momento, o ator busca ajudar através da CORE, sua organização sem fins lucrativos que tem oferecido suporte a refugiados da Ucrânia na Polônia.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Britney Spears está grávida de seu terceiro filho
Dez mulheres denunciam médico do Ceará por sequelas após cirurgias plásticas
Deixe seu comentário

No Ar: SHOW DA TARDE