Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Voltar Regina Duarte não quer voltar à TV e diz que se arrepende de ter entrado na política

Regina Duarte abriu o jogo sobre sua experiência com a política e os 74 dias em que comandou a Secretaria de Cultura do Governo Bolsonaro, em 2020. Ela admite que não estava preparada para o cargo e contou que pediu ao então presidente para abandonar a pasta.

“Não estava preparada para isso. Esse foi meu grande problema. Meu interesse em fazer alguma coisa pela cultura do país fez com que eu assumisse uma coisa pela qual eu não estava preparada. Fiquei muito triste pelo sonho que eu alimentei de fazer alguma coisa importante para a categoria. Mas eu não consegui. Sabia que não ia conseguir. Então, eu falava para mim mesma: ‘bem feito, viu! Se meteu aí a ser secretária de cultura sem ter capacidade para isso’”, admitiu ela, em entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle, no YouTube.

Regina garantiu não ter nenhum ressentimento com Bolsonaro e relata como pediu para deixar o cargo. “Nos poucos encontros que a gente teve nos corredores em Brasília, ele (Bolsonaro) olhava para mim e dizia: ‘isso aqui não é pra você não’. Quando eu fui tomar café com ele para pedir para sair, ele falou assim: ‘temos que arrumar alguma coisa para ela’, e sugeriu para eu ficar na Cinemateca de São Paulo, porque tinha que dar uma disfarçada de ‘porque está tirando a Regina?’ Está tirando a Regina, não! A Regina quer sair, quer ficar perto dos netos, em São Paulo”, explicou.

Longe das novelas desde 2017, a atriz se dedicou este ano às artes plásticas. Ele produziu mais de 500 quadros e fez uma exposição em uma galeria de São Paulo. Regina é categórica sobre voltar à TV: “Não penso em voltar à televisão. Mas claro que se surgir uma coisa que eu não tenha feito ainda, que seja uma coisa fascinante, que me desperta uma paixão. Mas gosto da ideia de dirigir teatro”.

Solteira, ela conta que se casou cinco vezes e que hoje só se dedica aos amigos e aos sete netos. “Casei cinco vezes e foram ótimos. Foram pessoas que puderam dar mais atenção aos meus filhos enquanto eu trabalhava. Cinco casamentos e no final, um aprendizado: não estou pronto para mais um casamento. Não casaria de novo, de jeito nenhum. Acho que estou na melhor fase da minha vida. Quero ter amigos, funcionários, quatro gatos e sete netos”.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde