Terça-feira, 23 de julho de 2024

Terça-feira, 23 de julho de 2024

Voltar Quem é Christina Koch: Conheça a primeira mulhera a ir à Lua

A Nasa, agência espacial norte-americana, anunciou na terça-feira (4) quem serão os quatro astronautas que participarão da missão Artemis II, para voar ao redor da Lua no final do ano que vem. Além de três homens, sendo um deles negro, está a norte-americana Christina Hammock Koch, primeira mulher a participar de uma expedição dessa magnitude.

Por enquanto, segundo fontes da agência espacial, a data de lançamento é esperada para novembro de 2024. As estimativas anteriores apontavam para o começo do ano, mas por causa dos diversos atrasos da primeira missão, essa é uma data mais realista.

Christina Koch formou-se em engenharia elétrica e física em 2001, é detentora do recorde de voo espacial contínuo mais longo feito por uma mulher, por 328 dias, além de ter integrado as três primeiras caminhadas espaciais femininas da Nasa. Ela tem 44 anos, nasceu na cidade de Grand Rapids, no Michigan, e cresceu em Jacksonville, próximo à costa da Carolina do Norte.

“Indo. Indo. Foi. Pôr da lua da Estação Espacial. Perseguindo aquela lua com a Nasa. Fotos que tirei, por volta do verão de 2019”, escreveu Christina em uma postagem no Twitter no mês passado.

Christina Koch começou na Nasa no Centro de Voos Espaciais Goddard, laboratório de pesquisas espaciais criado em 1959, onde completou o programa Nasa Academy em 2001. Foi selecionada em 2013 como um dos oito membros da 21ª turma de astronautas da agência espacial e concluiu o treinamento de candidatos a astronautas em 2015. Ela foi designada em 2018 para seu primeiro voo espacial, uma missão de longa duração na Estação Espacial Internacional lançada em março de 2019.

No último dia de março, Christina fez uma homenagem às mulheres que compõem a agência espacial, comemorando as múltiplas equipes femininas em ação.

“Apenas nos últimos anos, o número de missões na Estação Espação Internacional com múltiplas equipes femininas disparou comparado com o passado. Por que isso é importante? Para mim, é isso que faz valer as contribuições diversas, com missões mais bem-sucedidas. E que estamos nos movendo em direção a um mundo onde todos que têm um sonho devem trabalhar igualmente e arduamente para alcançar esse sonho.”

Em uma imagem divertida, a astronauta também mostrou como é a comida no espaço. “Tem planos para o almoço? Que tal macarrão com queijo no espaço?!”, escreveu.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã