Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Voltar Quadrilha especializada em sequestro-relâmpago de motoristas tem integrantes capturados em Porto Alegre

Com o apoio da Brigada Militar, a Polícia Civil deflagrou em Porto Alegre na manhã desta terça-feira (5) uma operação de captura a integrantes de uma quadrilha que roubava veículos e realizava sequestros-relâmpago para extorquir as vítimas. Ao menos dois suspeitos foram presos, incluindo um homem apontado como líder do bando.

As ordens judiciais de prisão temporária e busca foram cumpridas nos bairros Higienópolis (Zona Norte), Aparício Borges, Jardim Botânico (Zona Leste), Vila Cruzeiro (Zona Sul) e Ilha das Flores (região Arquipélago).

De acordo com a Polícia Civil, as investigações foram iniciadas em janeiro, quando a corporação tomou conhecimento de que um grupo criminoso radicado na Vila Cruzeiro vinha cometendo uma série de assaltos a condutores de veículos na Capital, seguidos de sequestro-relâmpago das vítimas.

O modo de agir dos investigados era marcado pela seguinte rotina: escolha de veículos de alto valor financeiro em circulação pelas ruas da cidade (geralmente à noite), perseguição discreta aos condutores e a ação em si, quando o carro da vítima era “fechado” em algum local e o alvo rendido sob ameaça de armas.

De posse do automóvel, integrantes da quadrilha levavam a pessoa como refém, percorrendo ruas de diversos bairros de Porto Alegre. A vítima era então obrigada a efetuar transferências bancárias por meio do sistema Pix e a ceder cartão bancário e senha para realização de saque em caixa eletrônico.

Não bastasse o roubo em si e o abalo psicológico, a vítima era obrigada a entregar pertences. Em seguida, eram abandonadas em alguma rua, geralmente na região da Vila Cruzeiro.

Motociclista morto

No final da tarde, um homem de 56 anos foi executado a tiros no bairro Lomba do Pinheiro (Zona Leste) ao confrontar assaltantes. Segundo informações da Brigada Militar, ele pilotava uma motocicleta quando presenciou um roubo cometido contra uma pedestre por dois homens a bordo de um Gol branco.

Ele acelerou a moto, supostamente na tentativa de assustar a dupla, que se irritou com o gesto e o perseguiu. Alcançado instantes depois, o homem acabou baleado no tórax, morrendo em seguida. Os autores dos disparos fugiram do local e, até o final da noite, ainda não havia informações sobre suas possíveis identidades.

(Marcello Campos)

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Comissão do Senado aprova indicações para agências reguladoras
Câmara dos Deputados aprova proposta que derruba monopólio na fabricação de radiofármacos
Deixe seu comentário

No Ar: Bom Dia Caiçara