Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Voltar Pentágono diz que Estados Unidos desenvolveram drones “Ghost” rapidamente para a Ucrânia

Os chamados drones “Ghost”, parte de um novo pacote de armas no valor de US$ 800 milhões dos Estados Unidos para a Ucrânia, foram rapidamente desenvolvidos pela Força Aérea dos EUA para Kiev e têm capacidades semelhantes aos drones armados “Switchblade”, disse o Pentágono nesta quinta-feira (21).

“Isso foi desenvolvido rapidamente pela Força Aérea em resposta especificamente aos requisitos ucranianos”, disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby.

A Casa Branca disse nesta quinta que mais de 121 sistemas aéreos não tripulados Phoenix Ghost serão fornecidos à Ucrânia como parte do novo pacote de armas.

Em pronunciamento nesta quinta, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou que o país baniu navios russos nos portos norte-americanos devido à guerra na Ucrânia.

“Nenhum navio que navegue sob a bandeira russa, ou que seja de propriedade ou operado por interesses russos, terá permissão para atracar no porto dos Estados Unidos ou acessar nossas costas”, disse Biden.

Assistência

Em anúncio na Casa Branca, Biden também informou que o país irá destinar um novo pacote de assistência à Ucrânia, que chega a cerca de US$ 800 milhões.

Com este pacote mais recente, os EUA destinaram aproximadamente US$ 3,4 bilhões em assistência ao país desde o início da guerra em 24 de fevereiro.

“Hoje, estou anunciando US$ 800 milhões para aumentar ainda mais a capacidade da Ucrânia de lutar no leste, na região de Donbas”, disse Biden.

Esta seria a última retirada presidencial até que o Congresso aprove mais dinheiro para armas para a Ucrânia. Em uma retirada presidencial, o Departamento de Defesa retira armas e equipamentos dos estoques dos EUA para enviar à Ucrânia, em vez de comprar novas armas de fabricantes.

O governo Biden também anunciou um novo programa nesta quinta-feira chamado “Unidos pela Ucrânia”, que fornecerá um processo simplificado para refugiados ucranianos que desejam migrar para os EUA.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Homem é indiciado na Alemanha por desaparecimento da menina Madeleine há 15 anos em Portugal
Presidente do Tribunal de Contas da União quer reajustar salários dos servidores do órgão em 13,5%
Deixe seu comentário

No Ar: SHOW DA TARDE