Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Voltar Orçamento de 2024 prevê crescimento de 2,26% para a economia brasileira

Enviado pelo governo federal ao Congresso Nacional no fim da tarde de quinta-feira (31), o projeto do Orçamento teve poucas alterações em relação às estimativas de crescimento econômico para o próximo ano na comparação com os parâmetros da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que tramita desde abril.

A projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2024 foi reduzida de 2,34% para 2,26%. Já a previsão para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial do País, caiu de 3,52% para 3,3%.

Outros parâmetros foram revisados. A proposta do Orçamento prevê que a Selic (taxa básica de juros da economia) encerrará 2024 em 9,8% ao ano, contra a projeção de 11,08% ao ano que constava na LDO. A previsão para o dólar caiu de R$ 5,12 para R$ 5,02.

O projeto também apresentou estimativas até 2027. A previsão para o crescimento do PIB é de 2,8% para 2025, 2,4% em 2026 e 2,6% em 2027. Para o IPCA, a projeção está em 3% nos três anos. Em relação à Selic, a estimativa média está em 7,82% ao ano em 2025, 7,05% em 2026 e 7,06% em 2027. Atualmente, a taxa encontra-se em 13,25% ao ano.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada