Domingo, 23 de junho de 2024

Domingo, 23 de junho de 2024

Voltar Ônibus, carros e ambulância são incendiados após o rebaixamento do Santos no Campeonato Brasileiro

Seis ônibus, seis carros e uma ambulância foram incendiados, na noite de quarta-feira (6), por torcedores do Santos após o rebaixamento do time paulista no Campeonato Brasileiro. O Santos foi derrotado pelo Fortaleza por 2 a 1 na Vila Belmiro.

Com o resultado, o clube ficou na 17ª colocação na tabela, caindo para a Série B da competição pela primeira vez na história do clube, fundado há 111 anos. Antes mesmo do apito final da partida, do lado de fora do estádio, um grupo de torcedores do Santos atirou pedras, coquetéis molotov e outros objetos contra a Vila Belmiro e policiais que estavam na região.

Na sequência, os policiais reagiram com bombas de efeito moral e gás de pimenta na tentativa de conter a situação. Helicópteros e a cavalaria da Polícia Militar foram acionados para reforçar a segurança.

Durante o confronto, enquanto os torcedores se afastavam do estádio, o tumulto continuou nas proximidades da Vila Belmiro, com ônibus e automóveis sendo incendiados. Lixeiras, placas e até residências também foram alvo de ataques.

Também houve confusão dentro do estádio, com torcedores tentando invadir o gramado após o último gol do Fortaleza. Os jogadores deixaram rapidamente o campo e foram alvo de objetos atirados das arquibancadas, incluindo cadeiras.

Um carro que pertence ao atacante santista Steven Mendoza foi incendiado em uma rua ao lado do estádio. O veículo estava vazio.

Não há informações sobre presos ou feridos nos atos de vandalismo realizados pela torcida santista.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã