Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Voltar Número de presos participantes do Enem aumenta em quase 40% no Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul registrou, em 2023, um aumento de 38,23% no número de presos que participaram do Enem PPL (Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade) em comparação a 2022. No total, 2.285 prestaram a prova no último ano, enquanto em 2022 foram 1.653.

Ao todo, 115 mulheres e 2.170 homens, monitorados por servidores da Polícia Penal, participaram do exame em 90 unidades prisionais do Estado.

Nos meses que antecederam a prova, diversas unidades prisionais realizaram aulas preparatórias para os candidatos. Os professores dos Núcleos Estaduais de Educação de Jovens e Adultos (Neeja), que atuam em parceria com a Polícia Penal, prepararam oficinas de texto e aplicaram simulados para testar os conhecimentos dos alunos. Os apenados participaram de forma voluntária.

Além de possibilitarem o acesso à educação continuada e à participação em seleção de vagas do ensino superior, as aulas também beneficiam os custodiados com a remição da pena – ou seja, redução de um dia de pena a cada 12 horas de estudo, conforme previsto na Lei de Execução Penal.

Entre as unidades com atividades pedagógicas, a Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí (PMEI) registrou, de um total de 108 inscritos no exame, 40 apenados presentes nas salas de aula, que utilizaram materiais fornecidos pelo Neeja Jair Fiorin. Já na Penitenciária Estadual de Rio Grande (Perg), 120 pessoas privadas de liberdade participaram das oficinas, que ocorreram com o apoio do Neeja Professora Stella da Costa Bessouat.

Além disso, o Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier, em parceria com professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), realizou, no mês de dezembro, atividades preparatórias voltadas às apenadas da unidade. Os orientadores dispuseram-se a dar aulas de reforço para as presas.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã