Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Voltar No tribunal, Donald Trump se declara inocente e diz estar sofrendo perseguição política

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump se declarou inocente, nesta quinta-feira (3) das quatro acusações contra ele no processo sobre a tentativa de reverter o resultado das eleições presidenciais de 2020 e pelo ataque ao Capitólio em 6 de janeiro de 2021.

Um pequeno grupo de manifestantes ficou do lado de fora. Ele foi formalmente acusado no processo criminal. Conforme a promotoria, a invasão ao Congresso americano, fez parte das tentativas de alterar o resultado das urnas. Na ocasião, Trump foi derrotado por John Biden, atual presidente dos EUA.

Ele chegou um pouco antes do horário marcado para a audiência, em Washington, capital dos Estados Unidos. Ele mesmo verbalizou que não é culpado para a juíza. Pouco depois, ele deixou o prédio. A magistrada aprovou as condições para a liberação do ex-presidente e avisou que ele não deve cometer mais crimes.

A próxima audiência do processo está marcada para o dia 28 de agosto. No documento da acusação, o procurador Jack Smith acusa Trump e cúmplices dele de promover mentiras sobre a votação daquele ano, por ter insistido com autoridades estaduais e federais para mudar os resultados das urnas e por arregimentar colégios eleitorais falsos para tentar tirar votos de Joe Biden.

No dia 6 de janeiro de 2021, a vitória eleitoral de Biden estava sendo formalmente certificada no Capitólio. O Congresso foi invadido por apoiadores do então presidente. Eles interromperam a sessão e ameaçaram o então vice-presidente Mike Pence, que conduzia o processo, por ter se recusado a reverter o resultado das urnas.

Trump enfrenta quatro acusações:

Conspiração para fraudar os Estados Unidos;
Conspiração para obstruir um procedimento oficial;
Conspiração contra os direitos dos americanos.
O quarto crime, mas, diferentemente dos outros, não foi como participante de uma conspiração:

Obstrução ou tentativa de obstrução de um procedimento oficial

Em caso de condenação, a acusação mais grave pode ser punida com uma sentença de 20 anos de prisão. Ele nega que tenha cometido os crimes. Em sua rede social, Trump afirma que a acusação tem motivações políticas e que o governo de Joe Biden é comparável a regimes fascistas.

 

 

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde