Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Voltar Músicos do U2 fazem show improvisado em estação de metrô de Kiev

O líder da banda irlandesa U2, Bono, e seu companheiro de palco, The Edge, se apresentaram neste domingo (8) em uma estação de metrô de Kiev, capital da Ucrânia, e enviaram mensagens de apoio ao povo ucraniano e ao presidente Volodymyr Zelensky, ainda em meio a um conflito que parece longe do fim.

“Seu presidente lidera o mundo na causa da liberdade neste momento. O povo ucraniano não está só lutando pela sua liberdade, está lutando por todos que amam a liberdade”, afirmou Bono, diante de um público de cerca de 100 pessoas na estação de metrô de Khreshchatyk, na região central da cidade.

Bono e The Edge foram a Kiev a convite de Zelensky, e apresentaram clássicos como “Sunday Bloody Sunday”, “Desire” e “With or without you”. O vocalista também lembrou dos confrontos na Irlanda em décadas recentes, e expressou o desejo de que a guerra chegue rapidamente ao fim.

“Nesta noite, 8 de maio, tiros vão cruzar o céu da Ucrânia, mas vocês finalmente serão livres. Eles podem tirar suas vidas, mas jamais tirarão seu orgulho”, afirmou ao público. No momento do show, sirenes de alerta para ataques aéreos soaram na capital.

Antes do concerto, Bono e The Edge visitaram as cidades de Bucha e Irpin, onde, segundo autoridades ucranianas, ocorreram massacres de civis, cometidos por forças russas e milícias aliadas — Moscou nega as acusações. Em entrevista a Sky News, o líder do U2 afirmou que esta era uma guerra “de um homem só”, se referindo ao líder russo, Vladimir Putin.

“Acho que o povo na Rússia, os mais jovens sabem o que está acontecendo. Acredito que as pessoas mais jovens vão afastar esse homem do cargo, que é tão alto e tão baixo, agora mesmo”, declarou.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Paxlovid: Ministério da Saúde incorpora primeiro medicamento para casos leves de covid
Primeiro-ministro do Canadá faz visita surpresa à Ucrânia
Deixe seu comentário

No Ar: Embalos & Loterias