Domingo, 23 de junho de 2024

Domingo, 23 de junho de 2024

Voltar Morre Gladis Ester Killing, filha do fundador da marca de tintas Killing

A arquiteta e empresária Gladis Ester Killing faleceu na manhã desta sexta-feira (8), aos 68 anos, em Porto Alegre. Gladis vinha lutando contra um câncer e estava internada no Hospital da PUC-RS, na Capital. Quinta filha de Celestino Killing, fundador da Killing, e de Hertha Killing, ela deixa os irmãos Marcos, Sônia, Branca, Magna, Lourdes, Milton, Paulo André e Márcia. Deixa também um filho, Henrique, e a nora, Aline.

Ela integrou o conselho de administração da Killing por muitos anos e era guardiã da governança corporativa da organização. “Ela sempre foi uma executiva presente em diversos setores relacionados à Killing. Gladis representou ainda um dos pilares fundamentais no processo de sucessão, incluindo também a terceira geração da família. Atual presidente da holding familiar Kielos, ela também participava ativamente de diversos comitês da Killing, como marketing, comunicação e tributário. Como arquiteta, ela projetou melhorias estruturais na empresa e ministrava palestras sobre governança corporativa e cases familiares”, afirmou a empresa em nota.

Arquiteta de formação há mais de 40 anos, Gladis foi diretora e fundadora do Estúdio G3 Arquitetura. Sempre preocupada com o urbanismo da região, trouxe inovações para melhorias na cidade e foi responsável pelo projeto de algumas edificações importantes do município, como o Centro Clínico Regina, o Residencial Montenegro e a Vila Augusta.

Como liderança empresarial e em sua área de atuação, presidiu a Associação de Arquitetos e Engenheiros de Novo Hamburgo (ASAEC), coordenou o Comitê de Internacionalização e também foi vice-presidente de Infraestrutura da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Novo Hamburgo, Campo Bom, Estância Velha e Dois Irmãos. No ano passado, ela assumiu a presidência interina da ACI. Como vice-presidente de infraestrutura da entidade, ela assumiu temporariamente o cargo nas férias do presidente Diogo Leuck.

O velório será realizado no Jardim da Memória, em Novo Hamburgo, nesta sexta-feira (8), a partir das 17h. O enterro será neste sábado (9), às 11h, no Cemitério Católico de Hamburgo Velho.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã