Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Voltar Jogadoras que disputam a Copa Feminina usam dispositivo para prevenir lesões na região do crânio 

Algumas jogadoras que disputam a Copa do Mundo Feminina deste ano estão usando o Q-Collar, um dispositivo que promete prevenir lesões na região do crânio.

O colar é fabricado pela empresa Q-30 e se tornou popular no hóquei e no futebol americano. De acordo com a companhia, o objetivo do dispositivo é limitar o movimento do cérebro durante um impacto sofrido pelos atletas.

Assim, no momento do contato ou da queda, o dispositivo faz pressão sobre a veia jugular do usuário, o que aumenta o volume sanguíneo dentro do crânio e reduz os movimentos internos do cérebro. Isso diminui a força do impacto que poderia ocasionar algum tipo de trauma.

A tecnologia é aprovada pelo órgão de controle dos EUA FDA (Food and Drug Administration). O produto é vendido por US$ 200.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã