Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Voltar Joe Biden pede proibição da venda de armas de assalto a civis

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu nesta quinta-feira (2) aos congressistas que aprovem a proibição da venda a particulares de armas de assalto e carregadores de alta capacidade, para ajudar a conter os tiroteios em massa no país.

“Quantas matanças mais estamos dispostos a aceitar?”, questionou Biden em pronunciamento transmitido pela TV, acrescentando que, se a proibição não for obtida, a idade para comprar essas armas deveria ser aumentada de 18 para 21 anos.

Biden classificou de “inconcebível” a recusa da maioria dos senadores republicanos para votar normas mais rígidas sobre as armas de fogo.

Nos últimos dias, dois grandes ataques chocaram o povo americano. Em Uvalde, no Texas, um jovem de 18 anos assassinou 19 crianças e duas professoras em uma escola de ensino primário. Salvador Ramos, morto por policiais no confronto, usou um rifle AR-15 durante a ação.

Já na última quarta-feira (1º), um homem entrou em um hospital de Tulsa, Oklahoma, e matou quatro pessoas, antes de tirar a própria vida. A polícia acredita que o autor do ataque desejasse matar um médico que teria realizado uma cirurgia nele no passado.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Brasil imunizou mais de 93 milhões de pessoas com a terceira dose contra covid
Projeto que limita ICMS de combustíveis pode ser votado no Senado semana que vem
Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã