Quarta-feira, 24 de julho de 2024

Quarta-feira, 24 de julho de 2024

Voltar INSS alerta: golpe usa prova de vice on-line para roubo de dados; criminosos se passam por servidores e pedem o envio de informações pessoais e bancárias dos segurados. Veja orientações do Instituto

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) alertou para um novo golpe que usa a prova de vida on-line como isca. Criminosos se passam por servidores e pedem o envio de dados pessoais. As abordagens podem ocorrer por mensagem de texto (SMS ou WhatsApp) e telefonemas, quase sempre oferecendo vantagens e ganhos inexistentes.

Segundo o INSS, um desses golpes, rotineiramente aplicados, é o da prova de vida on-line. Nele, os golpistas telefonam para aposentados e pensionistas alertando sobre a suposta necessidade de realizar o procedimento de forma digital. Alegam que é uma nova modalidade adotada pelo INSS.

Em seguida, fingem ser um atendente do instituto e pedem que a vítima confirme os dados pessoais e bancários. “Solicitam o envio de uma foto atualizada e dos documentos digitalizados, gerando margem para um golpe pelo WhatsApp. De posse dos dados confirmados e a foto do documento, os criminosos terão mais facilidade para agir e executar a fraude financeira”, aponta o instituto.

Gerente de uma das agências da Previdência Social, Ocian Florêncio destaca que os golpes prejudicam os aposentados e pensionistas, que, na maioria das vezes, são induzidos pelas facilidades oferecidas pelos golpistas. “Temos uma clientela idosa. Muitos não têm habilidade com as ferramentas tecnológicas e terminam sendo presas fáceis para os criminosos”, diz.

Florêncio recomenda que os segurados do instituto não aceitem os contatos como verdadeiros: “Sempre que receber telefonema, SMS, mensagem de WhatsApp e e-mail tratando de assuntos relacionados ao INSS, o melhor caminho é não informar os seus dados. Se tiver dúvidas, procure os nossos canais oficiais, como a Central 135, ou aplicativo Meu INSS. Ou peça ajuda a um familiar ou amigo de confiança”.

O site do INSS orienta o segurado a concentrar todas as operações de atualização no espaço Meu INSS na plataforma gov.br e jamais compartilhar login e senha.

1. Manter os dados de contato, como telefone, e-mail e endereço atualizados no Meu INSS ou pelo telefone 135.

2. Não atender solicitações de dados por e-mail, mensagem ou telefone.

3. Não clicar em links enviados por SMS e desconfiar de mensagens não identificadas. O número do SMS usado pelo INSS para informar os cidadãos é 280-41;

4. Acessar o Meu INSS na plataforma gov.br para confirmar o contato ou a convocação;

5. Usar apenas os canais oficiais de atendimento para cumprir solicitações do INSS, seja para agendar um serviço ou para entregar algum documento.

O Instituto ainda garante que nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos. A atitude preventiva e o monitoramento do CPF são sempre as melhores medidas para cuidar dos seus dados pessoais e manter um bom score de crédito na aposentadoria.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde