Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Voltar Iate usado pela princesa britânica Diana com o namorado, semanas antes da morte do casal, afunda na França

O iate usado pela princesa britânica Diana para curtir o seu último verão com o namorado, o empresário egípcio Dodi Al-Fayed, no litoral da França, afundou no Mar Mediterrâneo depois de uma colisão. A embarcação, batizada de Cujo, que já pertenceu ao milionário, atingiu um objeto não identificado na região de Beaulieu-sur-Mer, na Riviera Francesa, e logo depois começou a naufragar.

Segundo informações divulgadas pelo jornal The Sun, havia sete pessoas no iate no momento do acidente. O tabloide britânico informou que todas foram retiradas ilesas usando bote salva-vidas antes que a embarcação afundasse a uma distância de 2.430 metros da costa. O acidente ocorreu no fim do mês passado.

O atual proprietário do iate estava no comando da embarcação. Ele tentou bombear a água para fora, mas não conseguiu. Um rebocador também tentou auxiliar a tripulação, mas nada evitou o naufrágio.

A proa do iate já estava parcialmente submersa, com algumas cabines inundadas, quando as equipe de resgate chegaram no local do acidente.

O iate ficou mundialmente conhecido em 1997, quando Diana, mãe dos príncipes William e Harry, foi fotografada a bordo com Dodi Al-Fayed depois de ter se separado do então príncipe Charles.

Semanas depois, em 31 de agosto, o casal morreu em um acidente de carro durante uma perseguição de paparazzi em Paris.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde