Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Voltar Homem que atacou cinco pessoas com ácido na zona sul de Porto Alegre é condenado pela Justiça

Conhecido como “maníaco do ácido” após ataques contra quatro mulheres e um adolescente na Zona Sul de Porto Alegre, um empresário, de 50 anos, foi condenado a 12 anos e um mês de prisão, pela 11ª Vara Criminal do Foro Central da Capital.

As cinco vítimas foram atacadas e feridas entre 19 e 21 de junho de 2019 na rua Santa Flora, no bairro Nonoai, e na rua Francisca Prezzi Bolognesi, no bairro Aberta dos Morros. A sentença foi dada pela juíza Gabriela Irigon Pereira nesta quinta-feira (12).

O homem foi condenado por lesões corporais graves e leves, além de ameaças, furto simples e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Ele poderá poderá continuar aguardando o trânsito da sentença em liberdade. Houve a fixação de uma multa como verba reparatória em favor das vítimas no valor acima de R$ 2,1 mil, sujeito à correção.

O inquérito policial confirmou a premeditação dos ataques. Já o Instituto-Geral de Perícias (IGP) apurou na época que frascos apreendidos com o empresário continham ácido sulfúrico. Para a polícia, a motivação dos ataques, desferidos em vítimas aleatórias, é de que o empresário pretendia assustar a ex-companheira, mostrando que Porto Alegre seria “uma cidade violenta”.

Conforme a Polícia Civil, ele queria que a ex-companheira fosse morar com ele em Curitiba. Para cometer os ataques, o acusado alugou três veículos e chegou a furtar as placas de um outro carro em Sapucaia do Sul. Dono de empresa de turismo, o empresário foi preso no dia 4 de outubro em Curitiba, no Paraná.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Volume de serviços cresce 2,6% em março no Estado e alcança maior nível desde 2016
Quadrilha faz reféns em ataque a banco em Amaral Ferrador, no Sul do Estado
Deixe seu comentário

No Ar: SHOW DA TARDE