Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Voltar Futebol: Quem Ganha e Quem Perde

Seu time perdeu. E agora? O que fazer? Provavelmente, você vai continuar torcendo. Afinal, o importante é o amor pela camisa. Ao clube e aos jogadores só resta trabalhar mais para não perder as próximas partidas. Afinal, o time tem muito a perder: pontos, talvez o campeonato e até um patrocínio. Com muitas derrotas, o técnico pode perder o emprego. O torcedor só perde a alegria da vitória. A vida continua.

Quem ganha? Evidentemente, o time e a torcida adversários. Também ganham os patrocinadores, que tiveram suas marcas expostas conforme planejado e o retorno pelo patrocínio. Também ganham todas as empresas de transmissão e reportagem da partida. Jornais, rádio e televisão. Os clubes também ganham com a renda da bilheteria.

Existe ainda uma figura que quase nunca é vista, mas que também ganha ou perde com cada partida: o apostador. O apostador é uma figura curiosa. Ele pode ter seu time do coração ou não. Ele pode apostar a favor do time que ama ou mesmo contra! Por que não? Cada um sabe de si. Ninguém vai ficar sabendo em quem ele apostou. É um segredinho.

O apostador pode se emocionar ao máximo com cada lance de cada partida, até com a vitória de times para os quais ele nunca torceu, e viver uma emoção especial, que é a emoção de torcer para si mesmo. Ao contrário do torcedor, o apostador não tem só a glória e a alegria em jogo. O apostador, quando ganha, ganha dinheiro. Dinheiro de verdade.

Mas, se preferir, o apostador pode nem acompanhar as partidas, apenas conferindo os resultados. O mercado das apostas esportivas é legalizado no Brasil, e é muito fácil participar. Para ver todos os detalhes de como funciona, visite o site Goal.

É importante ressaltar que apostas esportivas não são necessariamente jogos de azar. Quando uma roleta começa a girar, ninguém sabe onde a bolinha vai parar. Quando o crupiê pega um novo maço de cartas embaralhadas, ninguém sabe qual será a próxima carta a ser baixada.

Nesses casos, existem estratégias, mas o apostador depende quase inteiramente da sorte. O apostador esportivo opera em outro nível. O apostador que acompanha futebol conhece bem os times, suas campanhas e as chances de vitória de cada time contra cada time. Nem sempre a escolha é muito fácil, mas, em muitos casos, o apostador não tem dúvida nenhuma. E basta ele acertar mais do que erra para sair no lucro.

O mercado de apostas é imenso. São muitas partidas a cada semana, e não tem só futebol. Há também vôlei, basquete, tênis, handebol e outras modalidades. Também há uma diversidade de campeonatos, como Brasileirão Série A e B, Premier League, Champions League, Copa Feminina e vários outros. É muito jogo, e nunca para.

Nesse amplo cenário, é até natural que alguns apostadores acabem se profissionalizando. Mas há também aqueles que jogam só pela diversão. Seu time perdeu. E agora? Não precisa ficar triste. Torcedor só tem um time, mas apostador tem inúmeras oportunidades para comemorar.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde