Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Voltar Futebol: Cristiano Ronaldo é esquecido em seleção dos melhores de 2023

A Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS) anunciou nesta sexta-feira a seleção dos melhores do mundo em 2023 e ignorou a boa temporada do português Cristiano Ronaldo no mundo árabe, deixando-o de fora dos 11 ideais. A escalação no 3-4-3 contra com o brasileiro Ederson, o argentino Lionel Messi e estrelas que estão em alta no futebol europeu.

A polêmica com Cristiano Ronaldo começou quando a entidade anunciou Harry Kane, do Bayern de Munique, como maior goleador do ano com 52 gols. Apesar de o português ter ido às redes com o Al-Nassr em 54 oportunidades, os seis gols na Copa do Rei Saudita não foram considerados pela IFFHS.

Para não deixar Lionel Messi de fora, a IFFHS escalou o argentino do Inter Miami, dos Estados Unidos, como meia, ao lado do espanhol Rodri e do belga De Bruyne, ambos do Manchester City, e do inglês Jude Bellingham, do Real Madrid.

Messi, por sinal, é o único jogador que não atua no futebol europeu na lista. Campeão da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes, o Manchester City dominou as escolhas. Além dos meio-campistas, ainda emplacou o goleiro brasileiro Ederson, o lateral português Ruben Dias e o atacante norueguês Haaland.

O setor ofensivo é de peso. Além de Haaland, ainda conta com o francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain e o experiente inglês Kane, atualmente artilheiro do Bayern de Munique.

A seleção da IFFHS de 2023 tem Ederson; Ruben Dias, Kim Min Jae e Alphonso Davies; Rodri, Jude Bellingham, Kevin De Bruyne e Lionel Messi; Kylian Mbappé, Erling Haaland e Harry Kane.

Prêmio Fifa

No próximo dia 15, a Fifa realiza a cerimônia premiação dos melhores jogadores de 2023. Doze nomes estão concorrendo ao troféu que homenageia o melhor jogador e melhor jogadora do mundo na temporada, mas, o que mais chamou a atenção foi a ausência do brasileiro Vinícius Júnior na lista.

A entidade já havia divulgado que o período de avaliação duraria apenas oito meses. Para o masculino, a premiação de melhor jogador do mundo pela Fifa levará em conta o desempenho dos atletas de 19 de dezembro de 2022, dia seguinte à final da Copa do Mundo no Catar, a 20 de agosto de 2023.

Lionel Messi, atual vencedor do prêmio, agora atuando no Inter Miami, está entre os finalistas, assim como seu ex-companheiro de equipe Kylian Mbappé, do PSG, e Erling Haaland, do Manchester City. O português Cristiano Ronaldo não ficou entre os 12 finalistas,  que conta com dois jogadores do Napoli, um do Arsenal, cinco atletas do Manchester City, um do Al-Nassr, um do Barcelona, um do Inter Miami e um do Paris Saint-Germain.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada