Domingo, 03 de julho de 2022

Domingo, 03 de julho de 2022

Voltar Fortes chuvas não comprometem a operação de usinas nucleares em Angra dos Reis, afirma Eletronuclear

A Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras responsável pela operação das usinas nucleares em Angra dos Reis (RJ), informou que mantém normalmente as suas operações em meio às fortes chuvas que atingem a região da Costa Verde, no Rio de Janeiro.

Segundo nota divulgada na tarde deste domingo (03), não há comprometimento do plano de emergência externo, documento que fixa os procedimentos de evacuação em caso de necessidade.

Na hipótese de um acidente nuclear, todos os moradores em um raio de 5 quilômetros das usinas precisariam deixar suas casas. O plano de emergência externo prevê que eles sejam levados para abrigos situados a pelo menos 15 quilômetros de distância.

Para a Eletronuclear, não há riscos. Segundo a empresa, as usinas Angra 1 e Angra 2 estão funcionando normalmente em sua plena capacidade e, mesmo que houvesse um acidente considerado improvável, o plano de emergência externo poderia ser implementado integralmente.

A preocupação em torno da viabilidade de se fazer uma eventual evacuação de moradores foi manifestada pelo prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão. Ele informou que solicitaria ao governo federal o desligamento temporário das usinas nucleares, uma vez que havia diversas obstruções na BR-101 em decorrência dos temporais. “Estamos ilhados! Em caso de necessidade, não teremos como colocar em prática o plano de emergência”, afirmou.

As chuvas que atingem o Rio de Janeiro desde a noite de sexta-feira (1º) já deixaram pelo menos 15 mortos. Equipes de resgate buscam desaparecidos.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Justiça Federal confirma que ação popular movida por advogado gaúcho contra ex-deputado é improcedente
Fim de semana teve 26 autuações por embriaguez ao volante em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha
Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã