Domingo, 03 de julho de 2022

Domingo, 03 de julho de 2022

Voltar Florence and the Machine é eleito o melhor show da história do Lollapalooza no Brasil

Uma enquete entre leitores do portal g1, da rede Globo, apontou o show da inglesa Florence and the Machine em 2016 como o melhor da história do festival Lollapalooza no Brasil.

Entre as opções estavam todos os headliners das edições do festival em São Paulo desde a primeira, em 2012. O show dos The Killers em 2018 e do Pearl Jam em 2013 ficaram, respectivamente, em segundo e terceiro lugar. Veja o top 10 abaixo.

O Lollapalooza 2022 acontece entre 25 e 27 de março, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, com atrações como Foo Fighters, The Strokes, Miley Cyrus, A$AP Rocky, Martin Garrix e mais.

Confira os 10 melhores shows principais do Lollapalooza, segundo os leitores do g1:

Florence + the Machine em 2016 – 26,06%
Killers em 2018 – 14,72%
Pearl Jam em 2013 – 8,83%
Eminem em 2016 – 7,78%
Arcade Fire em 2014 – 7,26%
Foo Fighters em 2012 – 6,41%
Pearl Jam em 2018 – 5,31%
Metallica em 2017 – 4,73%
Red Hot Chili Peppers em 2018 – 4,68%
The Killers em 2013 – 3,05%

História

O Lollapalooza é um festival de música alternativa que acontece anualmente. É composto por gêneros como rock alternativo, heavy metal, punk rock, grunge e performances de comédia e danças, além de estandes de artesanato. Também fornece uma plataforma para grupos políticos e sem fins lucrativos.

O Lollapalooza tem apresentado uma grande variedade de bandas e ajudou a expor e popularizar artistas como Amy Winehouse, Alice in Chains, Tool, Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam, The Cure, Primus, Rage Against the Machine, Soundgarden, Arcade Fire, Nine Inch Nails, Nick Cave, L7, Janes Addiction, X Japan, The Killers, Siouxsie and the Banshees, The Smashing Pumpkins, Muse, Hole, 30 Seconds to Mars, The Strokes, Arctic Monkeys, Foo Fighters, Green Day, Lady Gaga e Fun.

Concebido e criado em 1991 pelo cantor do Jane’s Addiction, Perry Farrell, como uma turnê de despedida para sua banda, o Lollapalooza aconteceu até o ano de 1997 e foi revivido em 2003. Desde a sua criação até 1997 e em seu renascimento em 2003, o festival percorreu a América do Norte.

Em 2004, os organizadores do festival decidiram ampliar a permanência do festival para dois dias por cidade, mas a fraca venda de ingressos forçou o cancelamento da turnê de 2004. Em 2005, Farrell e a Agência William Morris fizeram uma parceria com a empresa Capital Sports Entertainment (atual C3 Presents), sediada em Austin, no Texas, e reformularam o festival para o seu formato atual, como um evento fixo em Grant Park, em Chicago, Illinois.

Em 2010, foi anunciada a estreia do Lollapalooza no exterior, com um ramo do festival sediado em Santiago, no Chile, em 2 e 3 abril de 2011, onde estabeleceu uma parceria com a empresa chilena Lotus.

Em 2011, a empresa Geo Eventos confirmou a primeira versão brasileira, que foi sediada no Jockey Club, em São Paulo nos dias 7 e 8 de abril de 2012.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Filho de Mussum registra queixa de racismo contra shopping no Rio
INSS retoma gradualmente atendimento presencial de serviços
Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã