Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Voltar Fim do mistério: valores de negócio envolvendo Soteldo e Dodi foram revelados

Fim do mistério: valores de negócio envolvendo Soteldo e Dodi foram revelados. O Santos anunciou o empréstimo do meia-atacante Soteldo para o Grêmio. O contrato tem validade por uma temporada com valor de compra fixado. Outro acordo com o clube santista foi a venda do volante Dodi.

As diretorias não divulgaram maiores detalhes sobre o acerto. O clube paulista exigia que os gaúchos pagassem uma das parcelas pela compra dos direitos do jogador, no valor de US$ 1 milhão (R$ 4,8 milhões).

O Santos comprou Soteldo do Tigres, do México, por US$ 4 milhões (R$ 19,28 milhões na cotação da época) e, até agora, só pagou uma das quatro parcelas. Com o rebaixamento para a Série B, o novo presidente do Peixe, Marcelo Teixeira, tratava a saída de Soteldo como fundamental para diminuir a folha.

Outro acordo com os santistas foi a venda do volante Dodi ao Grêmio. O jogador assinou um contrato de três anos com o clube gaúcho. Os valores da negociação não foram revelados pelas equipes, mas dias depois, tudo foi explicado.

Segundo o jornalista Vagner Frederico, Dodi foi vendido pelo valor de R$ 5 milhões. Vale lembrar que o jogador chegou sem custos do Peixe, ou seja, ainda deixou lucro no negócio.

O meia recebia cerca de R$ 350 mil de salário por mês. Enquanto isso, Soteldo tinha vencimentos que batiam na casa dos R$ 850 mil mensais, ou seja, o Santos teve uma economia de R$ 1,2 milhão na folha salarial.

Ao todo, contando com 13º salário, a folha anual terá uma queda de R$ 15,6 milhões juntando os dois negócios. Colocando os R$ 5 milhões que o Grêmio pagou por Dodi, ficaria um acordo total em R$ 20,6 milhões.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde