Quarta-feira, 24 de julho de 2024

Quarta-feira, 24 de julho de 2024

Voltar Fernanda Montenegro e Fernanda Torres se encontram com papa Francisco

Fernanda Montenegro e a filha Fernanda Torres publicaram em suas redes sociais um vídeo em que se encontram com o Papa Francisco no Vaticano. O registro foi compartilhado nesta quarta-feira (27) nas redes sociais das atrizes.

No vídeo, Fernanda Torres apresenta a mãe ao pontífice que estende a mão à atriz. “Glória a Deus nas alturas e ao senhor, entre nós”, disse Fernanda Montenegro ao Papa, que respondeu “que Deus nos abençoe”.

Na legenda da postagem, Fernanda Montenegro escreveu: “Amém”.

As atrizes participaram da Audiência Geral, evento que ocorre toda quarta-feira no Vaticano, onde o Papa fala aos fiéis.

Reflexões

Na última Audiência Geral do ano, o papa Francisco iniciou um novo ciclo de reflexões. Com o tema “Vícios e virtudes. Guardar o coração”, a primeira das Catequeses deste grupo abordou a história dos progenitores, narrada no livro do Gênesis.

O pontífice afirmou que no início da Bíblia é apresentada a dinâmica do mal e da tentação, representados pela serpente. Um personagem que seduz, descreveu o Santo Padre, e um animal insidioso, que se move lentamente, rastejando silenciosamente. Às vezes nem se percebe sua presença, por isso significa perigo.

Ao dialogar com Adão e Eva, a serpente faz uma pergunta maliciosa, assim como em fofocas, demonstrando uma dialética refinada. “É verdade que Deus vos proibiu comer do fruto de toda árvore do jardim?”. Francisco reitera que esta é uma prerrogativa falsa pois, na realidade, Deus ofereceu todos os frutos do jardim, exceto os de uma árvore específica – a do conhecimento do bem e do mal.

“Esta proibição não pretende proibir ao homem o uso da razão, como às vezes é mal interpretada, mas é uma medida de sabedoria”, explicou o Papa, indicando que é “como se (Deus) dissesse: reconheça o limite, não se sinta dono de tudo, porque o orgulho é o início de todos os males”.

“O objetivo de Deus é preservar os progenitores, custódios da criação, da presunção da onipotência. Tornar-se senhor do bem e do mal é uma tentação, armadilha mais perigosa ao coração humano”, alertou o Pontífice.

Pensamentos

Prosseguindo, ele disse que, como se sabe, Adão e Eva não resistiram à tentação. Diante da ideia de um Deus não tão bom, que queria mantê-los submissos, eles cederam, e tudo começou a colapsar. Neste contexto, o Santo Padre destacou que o mal não começa no homem de forma concreta, mas antes, em seus pensamentos.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde