Domingo, 03 de julho de 2022

Domingo, 03 de julho de 2022

Voltar Fatos históricos do dia 5 de março

Eventos

363 — O imperador romano Juliano parte de Antioquia com um exército de 90 000 homens para atacar o Império Sassânida, em uma campanha que ocasionaria a sua própria morte.

1933 — O Partido Nazista ganha 44 por cento dos votos nas eleições parlamentaristas na Alemanha. Grande Depressão: Presidente Franklin D. Roosevelt declara “feriado bancário”, fechando todos os bancos estado-unidenses e congelando todas as transações financeiras, dando início à implementação do New Deal.

1936 — Primeiro voo do caça inglês Spitfire.

1940 — Membros do politburo soviético assinam uma ordem para a execução de 25 700 pessoas da inteligência polonesa, incluindo 14 700 prisioneiros de guerra poloneses, conhecido também por Massacre de Katyn.

1943 — Primeiro voo do caça a jato britânico Gloster Meteor e o único dos Aliados a entrar em ação antes do fim da Segunda Guerra Mundial.

1945 — Segunda Guerra Mundial: início do cerco a Castelnuovo pelas tropas aliadas na tentativa de conter o seu avanço alemão no Norte da Itália.

1946 — Winston Churchill utiliza pela primeira vez a palavra “Cortina de Ferro” no seu discurso na Universidade Westminster em Fulton, Missouri nos Estados Unidos.

1951 — Os Estados Unidos e o Alþingi assinam um acordo concordando que os Estados Unidos deveriam novamente ser responsáveis pela defesa da Islândia.

1958 — É criada a região autônoma de Guangxi Zhuang.

2012 — Invisible Children lança a campanha Pare Kony com a publicação do documentário Kony 2012.

2015 — Nimrud, Dur Sharrukin e Hatra, sítios arqueológicos milenares e patrimônio cultural no Iraque, são destruídos por forças do Estado Islâmico.

Nascimentos

1879 — William Beveridge, economista britânico (m. 1963).

1880 — José Antônio Flores da Cunha, político brasileiro (m. 1959).

1883 — Marius Barbeau, etnógrafo canadense (m. 1969).

1887 — Heitor Villa-Lobos, compositor brasileiro (m. 1959).

1893 — Edgar Schneider, político brasileiro (m. 1963).

1894 — Artur de Magalhães Basto, professor e historiador português (m. 1960).

1896 — Ronald D’Oyley Good, botânico britânico (m. 1992).

1897 — Fernando Furlanetto, escultor brasileiro (m. 1975).

1941 — Roberto Requião, político brasileiro.

1950 — Caco Barcellos, jornalista brasileiro.

Falecimentos

1840 — George Spencer-Churchill, 5.º Duque de Marlborough (n. 1766).

1841 — José de Castro e Silva, político brasileiro (n. 1776).

1857 — Maria Benedita de Castro Canto e Melo, nobre brasileira (n. 1792).

1865 — Heinrich Wilhelm Schott, botânico austríaco (n. 1794).

1870 — José Maria do Vale, político brasileiro (n. 1807

1910 — Luís Antônio de Oliveira, nobre brasileiro (n. 1831).

1952 — Fábio de Barros, médico, cronista e jornalista brasileiro (n. 1881).

1966 — Anna Akhmátova, poetisa russa (n. 1889).

1967 — Mohammed Mossadegh, político iraniano (n. 1880).

1974 — Cândido Fontoura, farmacêutico e empresário brasileiro (n. 1885).

2005 — Agnes Fontoura, atriz brasileira (n. 1928).

2013 — Hugo Chávez, político venezuelano (n. 1954).

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Fatos históricos do dia 4 de março
Fatos históricos do dia 6 de março
Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã