Domingo, 22 de maio de 2022

Domingo, 22 de maio de 2022

Voltar Empresa de lançamento espacial pega foguete no ar apenas com helicóptero

A Rocket Lab, empresa de lançamento espacial da Nova Zelândia, se tornou a primeira a capturar parte de um foguete no ar com a ajuda de um helicóptero.

A missão, chamada de “There And Back Again”, foi considerada parcialmente bem-sucedida porque a ideia era que o equipamento chegasse em terra pelo helicóptero para ser reutilizado em lançamentos futuros. Porém, ele precisou ser solto no mar.

O foguete reutilizado, sobretudo o mais pesado, é objetivo prioritário da indústria aeroespacial, principalmente dos operadores de satélites que pretendem reduzir cada vez mais os custos.

A tendência no setor foi iniciada pelo bilionário Elon Musk, dono da SpaceX, que investiu no sistema que é capaz de lançar o mesmo veículo ao espaço mais de uma vez e pousar em qualquer lugar. Para o magnata, é dessa forma que o homem irá colonizar Marte.

Como foi a missão?

O foguete Electron foi lançado na noite do dia 2, no horário de Brasília – manhã de terça-feira na Nova Zelândia. O segundo estágio da espaçonave se separou dos propulsores e levou 34 pequenos satélites para a órbita da Terra.

Já o primeiro estágio do foguete voltou ao solo com velocidade de 10 metros por segundo e acabou sendo preso por um paraquedas.

Foi quando a tripulação do helicóptero entrou em ação, balançando uma linha com um gancho abaixo do helicóptero para prendê-la ao paraquedas do propulsor.

Na sequência, a tripulação pegou o foguete. A montanha-russa de emoções foi exibida na transmissão ao vivo do evento, com pessoas no controle da missão aplaudindo o momento da captura do foguete.

Contudo, a carga no helicóptero excedeu os parâmetros de testes e simulações. Eles, então, tiveram que abandoná-lo por razões de segurança. Com isso, o primeiro estágio do foguete caiu no oceano, onde foi recolhido por um barco que o esperava.

Mesmo com a queda no oceano, o fundador da empresa, Peter Beck , saudou a missão como um sucesso, dizendo que quase tudo correu conforme o planejado.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Telescópio captura “dança” de galáxias em processo de fusão há 400 milhões de anos
Alugar o celular ou comprar parcelado? Veja o que vale mais a pena
Deixe seu comentário

No Ar: Embalos & Loterias