Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Voltar Dez escorpiões amarelos são capturados no Centro de Porto Alegre

Dez escorpiões amarelos foram capturados na noite de terça-feira (27), no Centro Histórico de Porto Alegre, durante uma ação realizada pela Diretoria de Vigilância em Saúde.

Os animais estavam em caixas de telefone na região da Praça Dom Feliciano. Outros dois escorpiões foram visualizados, mas conseguiram escapar, e dois estavam mortos.

O Centro é o bairro que concentra o maior número de ocorrências de visualização do animal na cidade. Neste ano, já foram visualizados ou capturados 220 escorpiões amarelos na região. Outros 92 foram visualizados ou capturados no bairro Mario Quintana, dois no Anchieta, dois no Passo D’Areia e dois no Menino Deus.

No Centro, aconteceu o único acidente (picada) envolvendo um escorpião amarelo registrado em Porto Alegre neste ano. A vítima passa bem.

Para evitar a aproximação dos escorpiões, a recomendação é que o arredor da moradia esteja limpo, com grama aparada e eliminação de entulho ou lixo. Na residência, devem ser vedadas soleiras das portas com saquinhos de areia ou friso de borracha e instaladas telas nas janelas e nos ralos de banheiros e cozinha (ou ralo abre-fecha).

As picadas do escorpião amarelo são caracterizados por dor, sudorese, vômitos e agitação. Principalmente em crianças, a sintomatologia é mais severa, podendo incluir alterações cardíacas e tremores.

Acidentes graves são tratados com soro específico. A referência em Porto Alegre é o Hospital de Pronto Socorro. A recomendação é de que, diante de uma ocorrência, a vítima deve receber atendimento o mais rápido possível.

(Foto: SMS/PMPA)

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde