Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Voltar Dá para alterar a política de usura na Petrobras

A Petrobras poderia abandonar a política internacional de preços e lucros sem ferir seu estatuto e atender o Brasil com base nos custos reais, e em reais, além de manter uma enorme margem de lucro. A Associação Brasileira de Revendedores de Combustíveis Independentes e Livres (Abrilivre) garante que entre os riscos, explicados no Formulário 20-F, o governo pode criar “políticas macroeconômicas e sociais” que “podem ter um efeito adverso” nos resultados e condição financeira da estatal.

Sugestão
A Abrilivre demonstra que a Petrobras pode atender 80% da demanda com sua produção e importar 20%. Com isso, o barril sairia por US$70.

De dar inveja
Ainda assim, os acionistas da Petrobras garantiriam uma margem de lucro de 50%, que não é vista em nenhuma das grandes petroleiras.

Lucro absurdo
Diretor do Abrilivre, Rodrigo Zingales cita o lucro atual, quase o dobro do lucro da Exxon, maior petroleira do mundo, e 40% acima da Petrochina.

Alguém ganha
Para Zingales, o Brasil está perdendo com essa situação, “mas alguém está ganhando e a população precisa saber quem são essas pessoas”.

Suspeito do Consórcio NE chefia campanha de Lula
O prefeito de Araraquara (SP), Edinho Silva (PT), está na coordenação da comunicação de campanha de Lula. Ele teve o indiciamento pedido na CPI que apurou denúncias de fraude na compra 300 respiradores pelo Consórcio Nordeste da empresa HempCare, que vende produtos à base de maconha e nunca entregou nenhum aparelho. O contrato foi fechado com o governo de Rui Costa (PT), na Bahia, também investigado pela Polícia Federal, com R$48 milhões pagos antecipadamente.

Velhos conhecidos
Edinho presidiu o PT/SP quando um irmão de Eduardo Suplicy era sócio de Luiz Henrique Ramos Jovino, dono da HempCare.

Ficha corrida
O petista já foi alvo da Polícia Federal na operação Capitu, braço da Lava Jato. Também figurou na famosa “Lista Janot”.

Faltou gás
Edinho Silva e o deputado federal Rui Falcão entram no lugar de Franklin Martins, que não conseguia fazer Lula decolar nas redes sociais.

Custo Brasil
O gasto do Brasil com eleições, US$789 milhões (R$4,06 bilhões), que inclui o fundão pornográfico, é o maior do mundo, segundo estudo Cupomválido. Mais que o dobro do México (2º), com US$307 milhões.

Mensalão, 17
Completa 17 anos, neste sábado (14), o início do escândalo do mensalão do governo Lula, em 2005, com a descoberta de que o PT implantou um esquema para subornar parlamentares e líderes do Congresso.

Só claque entra
O ex-presidente Lula continua evitando as ruas, evitando xingamentos de “ladrão” e assemelhados. Ele prefere eventos “controlados”, como dizem os seguranças, com direito a claque pré-selecionada.

Pesquisa é um perigo
Os pré-candidatos de “terceira via” correm o risco de receberem um duro recado da pesquisa que vai definir o candidato do grupo a presidente. O recado de que talvez seja mais aconselhável abandonar a disputa.

Um milhão de mortos
Os Estados Unidos chegaram a 1 milhão de mortos por covid, expondo o fracasso do atual governo no combate à doença e dando sentido às pesquisas que mostram Joe Biden batendo recordes de reprovação.

Aquecimento de folga
O aquecimento global deve estar em greve: uma onda de frio se aproxima do Brasil e vai provocar temperaturas próximas de zero grau em algumas regiões. À exceção do Nordeste, todos passarão frio.

Agora vai
Será lançada neste sábado (14) em Santa Maria (RS) a pré-candidatura de Ricardo Jobim ao governo gaúcho pelo Novo. Felipe d’Avila, pré-candidato a presidente do partido, confirmou presença.

13 do bem
Esta sexta 13 deve trazer boas notícias sobre o mercado de trabalho com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) Contínua do 1º trimestre. A expectativa é de uma nova redução no desemprego.

Pergunta no privilégio
Candidatos contraem covid por que somente agora estão saindo às ruas?

PODER SEM PUDOR
Como fugir de jornalista
Luiz Cláudio Cunha entrevistava ACM, então governador da Bahia, para o perfil na revista Playboy que ganhou o magnífico título “Deus e o Diabo na terra do Sol”, quando, no cafezinho pós-almoço, alguém avisou: “Jornalista Clóvis Rossi ao telefone, governador”. ACM queria evitar o repórter da Folha. Meteu uma garfada na boca: “Aô, bubo bem?”, disse ao telefone, de boca cheia. Rossi concluiu que interrompera o governador em pleno almoço, desculpou-se e desligou. Ele não teve nova chance

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Lucro abusivo da Petrobras é de meio bilhão por dia
Sob governo de direita, SC registra pleno emprego
Deixe seu comentário

No Ar: Caiçara Confidencial