Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Voltar Crianças sobreviventes do ataque a creche em Blumenau, em Santa Catarina, recebem alta

Quatro crianças sobreviventes do ataque a creche de Blumenau, em Santa Catarina, receberam alta hospitalar na manhã desta quinta-feira (06).

Todas as crianças passaram por exames e avaliação médica, segundo informou o HSA (Hospital Santo Antônio). Nos exames, a equipe médica constatou que um dos pacientes apresentou uma lesão na mandíbula, que será tratada ambulatorialmente.

“O HSA agradece todo o apoio que a comunidade e imprensa dispensaram com a instituição nesse momento. O sentimento de todos os colaboradores é de missão cumprida no atendimento e acolhimento às crianças e seus familiares”, disse o hospital em comunicado.

Ataque

Um homem de 25 anos invadiu uma creche, matou quatro crianças e feriu outras cinco na quarta-feira (05), em Blumenau, Santa Catarina.

Conforme o Corpo de Bombeiros, as vítimas fatais eram três meninos e uma menina, de 5 a 7 anos de idade. Os feridos foram levados a hospitais da região e atendidos nas unidades de urgência.

O Hospital Santo Antônio, de Blumenau, confirmou que quatro crianças feridas deram entrada no hospital: duas meninas de 5 anos e dois meninos, de 5 e 3 anos.

A Polícia Militar de Santa Catarina informou que o homem teria pulado o muro do Centro de Educação Infantil Cantinho do Bom Pastor, na rua dos Caçadores, no bairro Vila Velha. Cerca de 40 crianças estariam usando o parquinho no momento da invasão.

O agressor atacou as crianças usando um machado, e assassinou quatro delas, além de ferir cinco. A princípio, as agressões aconteceram de maneira aleatória.

Professores relataram que tentaram trancar os bebês dentro de uma sala de aula para evitar que fossem atacados. Ao ver professores defendendo e chamando crianças para dentro do prédio, o criminoso pulou o muro novamente e deixou o local.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada