Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Voltar Convênio entre Fecomércio-RS e Caixa Econômica Federal oferece benefícios financeiros a empresários gaúchos

Proporcionar crédito mais acessível e disponibilizar um pacote de benefícios diferenciado: esses são propósitos da parceria firmada no último dia 13, no plenário da Fecomércio-RS, entre a Federação e a Caixa Econômica Federal (CEF). O documento foi assinado pelo presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, Luiz Carlos Bohn, e pelo superintendente regional da CEF, Renato Scalabrin.

O convênio garante aos associados da Fecomércio um pacote de benefícios, linhas de crédito a menor custo e uma redução de até 33% das taxas praticadas no balcão. “Nós sabemos como o crédito é um impulso para o desenvolvimento. Podemos crescer muito no crédito e assim queremos”, explicou Renato.

Programa diferenciado aos empresários

A parceria Caixa Varejo visa a apoiar empreendedores, micro e pequenas empresas do varejo, através de uma série de medidas especiais, como regras diferenciadas de renegociação, parcelamento e prazos de pagamento. Ainda são benefícios alguns serviços bancários com condições facilitadas, como cartão de crédito com primeira anuidade grátis e isenção do aluguel da maquininha da Caixa, de acordo com o faturamento da empresa. Além desses diferenciais para CNPJ, os sócios também contam com exclusividades, como um gerente próprio, especialista em investimentos.

Empresários associados de todo o estado gaúcho podem usufruir dos benefícios da parceria, e o atendimento diferenciado pode ser em qualquer agência da Caixa, no Brasil. A ideia do convênio é justamente estar disponível em todas as regiões do estado. “Nosso objetivo é nos aproximarmos das empresas que a Fecomércio-RS representa, para, cada vez mais, convergir em negócios”, afirmou Tiago Marquetto, gerente nacional de Estratégia de Micro e Pequena Empresa da Caixa. “Temos certeza de que estamos oferecendo, sim, um programa diferenciado. Vamos nos esforçar para que ele chegue ao seu objetivo: a capitalização e o crescimento dos negócios”, concluiu Luiz Bohn.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada