Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Voltar Comitiva de autoridades e empresários gaúchos embarca para a China

Uma comitiva formada por representantes do governo e do empresariado gaúcho embarcou nesse sábado (25) para Pequim, capital da China, em uma programação com diversas atividades. No roteiro estão previstas a participação em uma feira internacional e reuniões no segmento de proteína animal. O foco é ampliação de investimentos do gigante asiático no Estado.

A delegação é liderada pelo vice-governador Gabriel Souza, acompanhado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo, e pelo secretário-adjunto da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), Márcio Madalena. Na lista constam, ainda, parlamentares, técnicos e líderes da iniciativa privada.

Os chineses são os maiores parceiros comerciais do Rio Grande do Sul, sobretudo como importador de carne de frango, suínos e bovinos, bem como soja, óleo de soja, tabaco, couros e peles. A agenda tem como foco justamente essa importância, com tratativas para abertura de mercados e negócios em agricultura, infraestrutura, logística e energia.

“As reuniões terão como locais órgãos públicos oficiais e grupos empresariais interessados em investir no Estado”, ressalta o informe divulgado pelo Palácio Piratini.

Feira

O Rio Grande do Sul também estará presente com estande institucional na China International Supply Chain Expo (Cisce), feira do segmento agrícola que começa nesta segunda-feira (28) e prossegue até o dia 2 de dezembro.

“Vamos participar de uma série de reuniões com agências chinesas de sanidade animal, buscando novos negócios, investimentos e o reconhecimento do Rio Grande do Sul como zona livre de febre aftosa sem vacinação pela China, conforme já aprovado pela Organização Mundial da Saúde Animal”, destaca o vice-governador.

Gabriel Souza também terá a oportunidade de detalhar ações do Estado durante o Fórum Global de Inovação e Desenvolvimento da Cadeia de Abastecimento. Dentre as realizações gaúchas a ressaltar no setor estão o programa “ABC+RS”, dedicado à agricultura de baixa emissão de carbono.

“Integrar o Estado pela primeira vez em uma feira chinesa de destaque representa mais um caminho de aproximação e de exposição da qualidade dos produtos gaúchos”, frisou o secretário Ernani Polo antes do embarque. “É uma missão importante ao reposicionar o Rio Grande do Sul na relação comercial com a China e aumentar as possibilidades do pleito que estamos levando para ser atendido.”

Abertura de mercados

O governo gaúcho busca ampliar as relações comerciais com os chineses, em especial em relação à habilitação de novas plantas frigoríficas para aumentar os embarques de carne gaúcha para o gigante asiático.

O reconhecimento do status de zona livre de febre aftosa sem vacinação é outro pleito. Com essa conquista, o Rio Grande do Sul estará autorizado a vender também miúdos e carne com osso, o que deve resultar em aumento expressivo na receita de exportações de proteína animal para a China. Já há tratativas do Ministério da Agricultura e Pecuária nesse sentido.

Dubai

Depois da viagem à China, o vice-governador e o secretário de Desenvolvimento Econômico irão a Dubai, nos Emirados Árabes, para participar da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2023 (COP 28). A secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffman, também estará presente.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) está em tratativas, ainda, para encontros com investidores árabes. “Eles já são nossos importadores e queremos potencializar as vendas para o essa região do Oriente Médio”, reforça o titular da pasta, Ernani Polo.

(Marcello Campos)

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Embalos & Loterias