Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Voltar Colonização alemã e recanto dos cânions: cidade com maior proporção de brancos do País fica no RS

O município de Morrinhos do Sul, localizado no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, a cerca de 182 km de Porto Alegre, é a localidade com maior percentual de habitantes autodeclarados brancos do País. É o que apontam os dados do Censo Demográfico divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (22).

A cidade de pouco mais de 3 mil habitantes, tem apenas 1,7% da população se autodeclara parda, enquanto 0,8% se diz preta. Já 97,4% declaram ter a cor de pele branca. Praticamente não há indígenas e amarelos no município. Ambos representam 0,03% dos moradores, ou seja, apenas duas pessoas declararam ser pertencentes a essas duas etnias.

O IBGE utiliza o conceito de “raça” como uma categoria socialmente construída na interação social e não como um conceito biológico.

Na pesquisa, cada pessoa responde ao IBGE a sua percepção sobre a cor ou raça a que pertence, baseado em critérios como origem familiar, cor da pele, traços físicos, etnia e pertencimento comunitário, entre outros.

Além disso, o instituto informa que essas cinco categorias estabelecidas na investigação (branca, preta, amarela, parda e indígena) também podem ser entendidas pelo informante de forma variável.

No entanto, o manual de entrevista do Censo conceitua cada uma das categorias. A pessoa parda, por exemplo, é definida como aquela “que se declarar parda ou que se identifique com mistura de duas ou mais opções de cor ou raça, incluindo branca, preta, parda e indígena”. Já a amarela é definida como “pessoa de origem oriental: japonesa, chinesa, coreana etc”.

Morrinhos do Sul
Emancipado há apenas 31 anos, o povoamento da cidade iniciou-se em 1826, com a chegada de imigrantes alemães, que viajaram para a região devido às escassas terras para tantos colonos em áreas vizinhas. A população encontrou, à época, condições favoráveis para o desenvolvimento agropecuário. Atuaalmente, um de seus principais cultivos é a pitaia, que é responsável, inclusive, pelo turismo rural na cidade, através da visitação do parque Recanto das Pitaias.

Além do turismo rural, o município atrai turistas devido às belas paisagens de cachoeiras e cânions, localizados aos pés dos Aparados da Serra Geral, num território de Mata Atlântica unida por rios e lagoas, a poucos quilômetros da faixa litorânea gaúcha. A região proporciona uma vista paradisíaca, que pode ser apreciada nos famosos passeios de balão.

 

 

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde