Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Voltar Camilla, mulher do rei Charles III, passa a ser chamada apenas de rainha

O Palácio de Buckingham revelou o convite oficial para a coroação do rei Charles III, que foi produzido com uma grande mudança de título para sua mulher, Camilla. Em vez de rainha-consorte, título que lhe foi concedido após a morte de Elizabeth II, Camilla virou agora simplesmente rainha.

O convite em tema floral para o evento marcado para ocorrer na Abadia de Westminster, em Londres, em 6 de maio, promove “a coroação de suas majestades, Rei Charles III & Rainha Camilla”. O convite será enviado para cerca de 2 mil pessoas, segundo noticiou a BBC, acrescentando que Camilla será coroada ao lado de Charles.

O convite é ornado com dois brasões de armas no alto – o de Charles à esquerda; e o de Camilla à direita. O escudo de Charles exibe um leão e um unicórnio, símbolos respectivamente da Inglaterra e da Escócia. O de Camilla, concedido em 2005, em seu 58.º aniversário, exibe um javali selvagem azul, preso pelo pescoço por uma coroa atrelada a uma corrente, e o mesmo leão do brasão de Charles. O javali veio do escudo de família de Camilla, noticiou na época o Telegraph.

A decisão do palácio de abandonar o termo consorte nos convites comprova o quanto Camilla, de 75 anos, se distanciou da pecha de ter sido “a outra” durante o casamento de Charles com a princesa Diana.

Especulação

A especulação aumentou ao longo dos anos sobre qual título ela assumiria quando Charles assumisse o trono.

Em 2005, a Clarence House emitiu um comunicado dizendo que ela seria conhecida como “Princesa Consorte” quando Charles assumisse o trono.

Alguns no palácio na época sentiram que o público não estava pronto para Camilla assumir o título de rainha que estava destinado a Diana. Mas as atitudes em relação a Camilla suavizaram ao longo dos anos.

Em 2015, uma pesquisa da CNN norte-americana descobriu que um em cada quatro britânicos passou a gostar mais dela e menos pessoas se opuseram a ela se tornar conhecida como rainha.

Então, em fevereiro de 2022, a falecida Rainha Elizabeth usou o marco histórico de seu Jubileu de Platina para dar sua bênção, dizendo que quando Charles ascender ao trono, a Duquesa da Cornualha será conhecida “como Rainha Consorte enquanto ela continua seu próprio serviço leal”.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada