Sexta-feira, 27 de maio de 2022

Sexta-feira, 27 de maio de 2022

Voltar Câmara aprova em primeiro turno proposta que desobriga investimento mínimo em educação

A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, na noite desta segunda-feira (11), a proposta de emenda à Constituição que libera Estados e municípios, em 2020 e 2021, de cumprirem o mínimo previsto na Constituição de investimento em educação (PEC 13/21). Foram 455 votos a 15.

Agora os deputados debatem requerimento de quebra do prazo regimental de cinco sessões entre o primeiro e segundo turnos a fim de realizar a outra votação ainda nesta segunda.

Segundo o texto, que veio do Senado, em decorrência do estado de calamidade pública provocado pela pandemia de Covid-19, os Estados, os municípios e os agentes públicos desses entes federados não poderão ser responsabilizados administrativa, civil ou criminalmente pelo descumprimento, exclusivamente nos exercícios financeiros de 2020 e 2021, do mínimo de 25% da receita resultante de impostos na manutenção e desenvolvimento do ensino.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Quem são as mulheres mais ricas do Brasil
Forças Armadas aprovam compra de 35 mil unidades de Viagra
Deixe seu comentário

No Ar: Embalos & Loterias