Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Voltar Bolsonaro volta a criticar o Supremo e diz que tribunal “interfere em tudo”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse na manhã desta segunda-feira (11) que o STF (Supremo Tribunal Federal) “interfere em tudo o que se possa imaginar”, inclusive em nomeações a cargos comissionados.

Entrevistado pelo grupo O Liberal, do Pará, ele respondia a uma pergunta sobre como avaliava o enfrentamento da crise sanitária causada pela Covid-19 pelo governo federal.

“Entramos em 2020 e com ele veio a pandemia, uma coisa que até hoje ainda é uma interrogação, quem dirá dois anos atrás. Em março mesmo, o Supremo Tribunal Federal, sempre eles, que interferem em tudo, tudo que se possa imaginar, não tem exceção, tudo. Até quando quero nomear uma pessoa para um cargo aqui comissionado eles interferem”, afirmou o presidente.

Em abril de 2020, Bolsonaro foi impedido pelo STF de nomear o então presidente da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem, para comandar a Polícia Federal, após suspeitas de interferência no órgão.

Na entrevista, Bolsonaro diz que “eles [ministros do Supremo] decidiram, então, que a condução das questões da pandemia eram concorrentes” entre presidente, governadores e prefeitos e que “sempre valia a decisão mais restritiva”. A decisão do STF sobre a pandemia reforçou a autonomia de governadores e prefeitos para decidir sobre as medidas de combate à Covid-19.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Operação Semana Santa 2022 inicia nesta quinta-feira nas rodovias federais
Porto Alegre registra redução de 25% nas mortes por acidentes
Deixe seu comentário

No Ar: SHOW DA TARDE