Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Voltar Bolsonaro e Michelle se calam em depoimento sobre joias à Polícia Federal

A PF (Polícia Federal) ouviu nesta sexta-feira (31) pessoas envolvidas no caso das joias recebidas pelo ex-presidente Jair Bolsonaro em viagens ao exterior. Ele, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e mais seis foram intimados a depor simultaneamente.

A defesa de Bolsonaro e Michelle informou que ambos se mantiveram em silêncio durante os depoimentos, em Brasília. Os investigadores apuram um suposto esquema de venda ilegal das joias recebidas de presente.

O objetivo de ouvir todos os depoentes ao mesmo tempo era evitar que eles tivessem acesso antecipado às perguntas e que combinassem as respostas. Além de Bolsonaro e Michelle, foram intimados a depor Mauro Barbosa Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro; Mauro Lourena Cid, general da reserva; Frederick Wassef, advogado de Bolsonaro; Fabio Wajngarten, ex-chefe da Comunicação do governo Bolsonaro; Marcelo Câmara, assessor especial de Bolsonaro; e Osmar Crivelatti, assessor de Bolsonaro.

A maior parte dos depoimentos, no entanto, durou menos de uma hora porque os investigados decidiram não responder aos questionamentos. Ficaram em silêncio: Bolsonaro, Michelle, Wajngarten e Câmara. Em nota, as defesas dos quatro disseram que tomaram essa decisão por julgarem que o STF (Supremo Tribunal Federal) não é a instância adequada para a investigação.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã