Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Voltar Bolsonaro afirma: “No Rio Grande do Sul, Onyx para o governo e Mourão para o Senado”

O presidente Jair Bolsonaro reiterou a necessidade dos seus aliados priorizarem “o projeto que defendemos para o Brasil, unindo forças para impedirmos o retorno da quadrilha que roubou o País nos últimos anos. É preciso que se abandonem nesta hora, os interesses pessoais”. Bolsonaro mostra-se preocupado com a fragmentação dos votos criadas por candidaturas diversas de aliados, o que abre espaço para o crescimento de não aliados. No caso específico do Rio Grande do Sul, o presidente passou a recomendar o voto no seu ex-ministro Onyx Lorenzoni (PL), candidato a governador, e no vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos), candidato ao Senado, fortalecendo a tese de um “voto útil”. Em nome dessa realidade, Jair Bolsonaro deixa claro: “No Rio Grande do Sul, meus candidatos são Onyx para governador e Mourão para o Senado”.

TRE paulista esclarece vídeo com urnas sendo lacradas em sindicado ligado à CUT

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo esclareceu ontem as dúvidas surgidas depois que um vídeo mostra a preparação e revisão de dezenas de urnas eletrônicas sendo realizados na sede do Sinticom (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção, do Mobiliário, Cimento, Cal, Gesso e Montagem Industrial de Itapeva), filiado à CUT. O vídeo, que teve quase 1 milhão de visualizações até ontem, segundo o TRE paulista, apresenta uma situação regular, pois “desde 2014, o Cartório Eleitoral de Itapeva – 53ª Zona Eleitoral realiza o procedimento de carga e lacração das urnas eletrônicas no Sindicato por falta de espaço físico no ambiente do cartório. O sindicato fica ao lado do cartório eleitoral, e Os funcionários terceirizados que atuam no procedimento no local foram contratados por meio de licitação pública, de acordo com a legislação”.

Ataque de hackers: ontem, foi o Tribunal de Contas

Mais um órgão publico foi ontem vítima de um severo ataque de hackers que imobilizaram seu funcionamento. Desta vez foi o sofisticado sistema de informática do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul. O ataque de hackers ocorreu na madrugada, conforme nota expedida pelo presidente Alexandre Postal.

Foi criado um grupo de trabalho para investigar a invasão e buscar uma solução para o problema. Segundo o TCE, todas as sessões das Câmaras foram suspensas e não ocorrerão até o final da semana.

Campanha de Lula prepara volta do imposto sindical com outro nome

Em troca do engajamento dos sindicatos, a coordenação da campanha de Lula (PT) começou a elaborar uma proposta para recuperar o financiamento de sindicatos, principal fonte de renda das entidades. Os sindicatos tiveram suas finanças abaladas desde que o imposto sindical foi extinto durante o governo de Michel Temer. A alternativa em estudo, usaria outro nome para burlar a vedação do imposto sindical, com base em uma taxa a ser cobrada dos trabalhadores. O nome do novo financiamento dos sindicatos seria “taxa negocial”.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde