Terça-feira, 28 de maio de 2024

Terça-feira, 28 de maio de 2024

Voltar Autoridades chinesas participam de encontro com avicultura e suinocultura do Brasil

O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, recebeu nesta quarta-feira (2) o vice-presidente da Agência de Inspeção e Quarentena de Entrada e Saída do Governo da China (CIQA), Wang Zhiyong, e o secretário da Agência, Duan Xiaohong, juntamente com representantes de organizações importadoras de proteína animal do país asiático. O encontro ocorreu na sede da entidade, em São Paulo (SP).

Em sua apresentação, o presidente da ABPA reforçou a ampla capacidade dos produtores de aves e de suínos do Brasil em fornecer produtos de alta qualidade e sustentabilidade. Também reforçou os rígidos controles adotados pelo Brasil, o reforço aos protocolos de biosseguridade e a ampla ação de monitoramento frente aos casos de Influenza Aviária de Alta Patogenicidade em aves silvestres. Santin lembrou que o Brasil segue livre de registros da enfermidade em plantéis comerciais.

O presidente da ABPA também reforçou o pedido, já apresentado pelo Ministério da Agricultura do Brasil, pelo reconhecimento de toda a área brasileira livre de aftosa sem vacinação – status já obtido junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA). Atualmente, apenas o estado de Santa Catarina possui este reconhecimento, o que permite a realização de exportações de carne suína com osso e de miúdos de suínos para o mercado chinês.

O encontro contou com a participação do vice-governador do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza, além dos secretários de Agricultura do Estado, Giovani Feltes, e de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo, e da diretora do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal (DDA) da Secretaria de Agricultura gaúcha, Rosane Collares. Durante o encontro, o vice-governador apresentou um convite às representações chinesas para a realização de missões sanitárias no sistema gaúcho. Também foi feito um convite para a Expointer, com início previsto em 26 de agosto, em Esteio (RS).   

Representando o governo paranaense no encontro, o diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (ADAPAR), Otamir Cesar Martins, esteve presente, juntamente com membros da agência de defesa. Na ocasião, os representantes paranaenses apresentaram a robustez da estrutura de defesa agropecuária, além de reforçar a importância da produção de proteína animal para o Estado.  

“Com total transparência, destacamos nossa posição como parceiros no auxílio à segurança alimentar da população chinesa. Queremos ampliar as relações comerciais com este que é o mais relevante mercado para a proteína animal do Brasil”, avalia Ricardo Santin.

Além de autoridades do Brasil e da China, o encontro reuniu representantes de agroindústrias exportadoras de aves e de suínos para o mercado chinês.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Caiçara Confidencial