Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Voltar Apple já vende carregadores e adaptadores USB-C, e preços são altos

A linha iPhone 15 da Apple inclui um novo conector e, consequentemente, novos acessórios para o smartphone. E a empresa já vende, em sua loja oficial, algumas opções para os futuros consumidores. E, como era de se esperar, elas são caras.

O conector USB-C adotado na linha iPhone 15 representa uma mudança no padrão de recarga do smartphone após anos usando os carregadores Lightning. Assim, quem usou iPhone nos últimos anos vai precisar de novos acessórios para o novo smartphone.

A Apple não inclui o carregador de tomada na caixa do iPhone. Assim, quem quiser um modelo compatível com USB-C, precisará comprar separado. Ele está à venda na loja virtual da Apple por R$ 219.

Outra opção é adquirir um adaptador – também vendido pela Apple. Para usar os cabos Lightning nos iPhones com USB-C, o consumidor precisará desembolsar nada menos que R$ 349, no site oficial da marca.

Existem ofertas mais em conta lançadas por outras marcas, e, considerando que dispositivos Android já usam USB-C, não vai ser muito difícil encontrar uma alternativa mais barata do que as oferecidas pela Apple.

Mudança

A mudança no conector do iPhone 15 não representa necessariamente uma alteração na velocidade de transferência de dados do smartphone.

O modelo base iPhone 15, por exemplo, é compatível com USB 2.0 — o mesmo padrão usado nos antigos cabos Lightning e que foi lançado em abril de 2000. Ele oferece velocidade máxima de transferência de 480 Mbit/s.

Brasil

Em meio ao lançamento do novo iPhone 15 nos Estados Unidos, a iPlace, maior revendedora da Apple na América Latina e com 144 lojas no Brasil, aposta na flexibilização das condições de crédito, de olho na busca por mais consumidores. A partir de agora, quem ganha entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil por mês pode aderir a um programa de financiamento próprio da varejista, que chega a 25 parcelas. Antes, só era permitido parcelamento para quem ganhava acima de R$ 2 mil mensais.

A melhoria na condição ocorre em paralelo à queda nos preços feita pela Apple no Brasil. Em média, as linhas do iPhone 14 e 13 tiveram redução de 20%, de acordo com informações divulgadas no site da empresa americana.

Já o valor médio do novo iPhone 15 será cerca de 10% mais barato em relação à versão anterior, lançada no ano passado. Assim, a nova geração do smartphone custará entre R$ 7.299, o modelo mais básico, e R$ 13.999, o mais premium.

A iPlace também já iniciou o cadastro dos clientes interessados em comprar o novo iPhone 15 – em uma espécie de pré-venda. A demanda, revela Wagner Alledo, diretor-geral da iPlace, é surpreendente. Segundo ele, há um interesse muito grande do brasileiro pelo produto.

 

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada