Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Voltar Após registrar menor média móvel de mortes por Covid em mais de 2 anos, RS tem alta na média de casos

Um dia depois de registrar uma das menores médias móveis de mortes por Covid-19, o Rio Grande do Sul entrou, nesta quinta-feira (5), em estabilidade, e ainda voltou a ter alta na média móvel de casos.

Nas últimas 24 horas, a Secretaria da Saúde (SES) confirmou mais 26 óbitos, ocorridos entre fevereiro e abril deste ano. O Estado totaliza 39.323 vítimas da doença em toda a pandemia, desde março de 2020.

A média móvel de mortes é de seis e tem uma variação de -12% do que há 14 dias.

O órgão registrou ainda mais 3.611 casos de coronavírus. O RS soma 2.347.290 infecções conhecidas de coronavírus desde o começo da pandemia.

A média diária de casos está novamente em alta e é de 2.167 novas infecções conhecidas. A variação em relação a duas semanas atrás, quando estava em 1.607, deixa o indicador com 35% a mais.

Hospitalizações

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Rio Grande do Sul baixou para 68%, com 1.745 pacientes em 2.563 vagas, quase 30 a menos do que no dia anterior. Com Covid, entretanto, são 84 com confirmação e 51 com suspeita.

Vacinação

A SES não atualiza o painel de vacinação desde segunda. Sem atualizações, o Estado segue com 4.737.659 pessoas, ou seja, 41,3% da população com o esquema com três doses ou duas, para quem recebeu a primeira da Janssen.

Além disso, outras 177,7 mil doses adicionais foram aplicadas em pessoas com baixa imunidade e outras 72 mil como doses de reforço ou quarta dose.

Apesar disso, 2,9 milhões de pessoas estão com o reforço em atraso, além de 747 mil que sequer completaram o esquema vacinal primário.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Brasil tem 500 mil crianças sem a vacina da poliomielite
Oeste gaúcho deve enfrentar novas enchentes nos próximos dias, diz MetSul
Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã