Quinta-feira, 13 de junho de 2024

Quinta-feira, 13 de junho de 2024

Voltar Após aprovação do Senado, Lula nomeia Paulo Gonet como novo procurador-geral da República

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nomeou formalmente Paulo Gonet como novo procurador-geral da República. O nome de Gonet foi aprovado pelo Senado na quarta e publicado em edição extra do “Diário Oficial da União” nesta sexta-feira (15).

O documento é assinado por Lula e pelo ministro da Justiça, Flávio Dino – que, também na quarta, foi aprovado pelo Senado para assumir uma cadeira no Supremo Tribunal Federal.

A posse oficial de Paulo Gonet no cargo foi marcada para a manhã da próxima segunda-feira (18). A partir de então, o novo chefe da PGR cumprirá mandato de dois anos à frente do cargo.

Perfil de Paulo Gonet

Paulo Gonet ingressou na carreira do Ministério Público Federal em 1987, como procurador da República, responsável por processos na primeira instância da Justiça Federal.

Entre 1989 e 1993, ocupou o cargo de procurador regional da República, que representa o MP em processos em tribunais regionais federais. Em 2012, alcançou o cargo de subprocurador-geral da República, o último nível da carreira.

Na PGR, também já atuou como secretário de Assuntos Constitucionais. Representou o MPF na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) e foi diretor-geral da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), cargo que ocupava quando foi nomeado para assumir a função de vice-PGE.

Paulo Gonet é graduado em Direito pela Universidade de Brasília (UnB). Na carreira acadêmica, fez mestrado em Direitos Humanos, pela University of Essex do Reino Unido. Além disso, ele é doutor em Direito, Estado e Constituição, também pela UnB.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show da Tarde