Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Voltar “Analistas” criticam Bandeira Verde e redução de 20% na conta de luz

Tem quem não tenha gostado, entre os famosos “analistas” da velha imprensa e a oposição, do anúncio do presidente Jair Bolsonaro de Bandeira Verde e redução nas contas de luz para todos os consumidores a partir de 16 de abril. Espera-se que nenhum, dentre os isentos ministros do STF, determine ao governo, explicações em 24 horas para esta redução da tarifa de energia elétrica. Para quem paga sua própria conta de luz, seja residencial ou na empresa, a notícia é muito importante.

Eis a declaração de Bolsonaro que irritou jornalistas de esquerda e a oposição:

“Em 2021 o Brasil enfrentou a pior seca dos últimos 91 anos. Para garantir a segurança no fornecimento de energia elétrica, o governo federal teve que tomar medidas excepcionais. Com o esforço de todos os órgãos do setor elétrico, conseguimos superar mais esse desafio e o risco de falta de energia foi totalmente afastado. Os reservatórios estão muito mais cheios do que no ano passado. Os usos múltiplos da água foram preservados. Além disso, já foi retomada a operação da hidrovia Tietê-Paraná. A hidrovia retornou a operação em 15 de março de 2022, mais de dois meses antes do planejado, um esforço coordenado do governo federal, em especial dos ministérios de Minas e Energia e da Infraestrutura. O reservatório da usina de Furnas terminou o mês de março acima de 80% do volume útil. Não será mais necessário o acionamento de geração termelétrica adicional no sistema. Com a redução da geração termelétrica mais cara e o aumento da produção das hidrelétricas e das demais fontes renováveis, os custos serão menores durante o próximo período seco, que vai de maio a novembro, o que se traduzirá em menores tarifas para os consumidores, e permitirá a redução estimada em 20% na conta de luz”.

Líder sindical quer aumento: recebeu só R$ 41 mil em dezembro

O dado foi trazido ontem aqui em “O SUL” pelo jornalista Claudio Humberto e serve para demonstrar a hipocrisia e a falta de noção de alguns segmentos do setor público. Um exemplo: os servidores do Banco Central ameaçam greve e, inclusive, paralisar o Pix se não receberem um reajuste imediato. O detalhe: o líder da greve no Banco Central recebeu R$ 41 mil só em dezembro e o seu salário ‘normal’, é de R$ 27,3 mil.

Alternativas para Eduardo Leite

Filiado ao PSDB, o ex-governador gaúcho Eduardo Leite, diante da consolidação da pré-candidatura de João Dória à presidência da República, que o derrotou na prévia tucana, tem diante de si, algumas alternativas, se quiser participar do processo eleitoral:

-Governo do Estado
-Vice-governador
-Deputado estadual
-Deputado federal
-Senador

Câmara derrota urgência para o PL da censura

O pedido de urgência para votação do projeto de lei (PL 2630) que, a pretexto de regular, pretende impor censura à liberdade de expressão nas redes sociais, foi derrotado ontem na Câmara dos Deputados. O relatório do projeto, do deputado Orlando Silva, do Partido Comunista do Brasil, pretendia “sovietizar” a liberdade de expressão na Internet. O deputado gaúcho deputado Marcel Van Hattem (Novo) captou a maldade da proposta e disse que o texto apoiado pelos partidos de esquerda “limita a liberdade de expressão e a disseminação de notícias falsas e verdades. Para evitar que as notícias falsas sejam disseminadas, as vítimas serão as informações verdadeiras. A proposta cria uma estrutura “soviética” de análise de conteúdo”.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

PSDB considera “antidemocrática” postura de Eduardo Leite
A política de paridade internacional da Petrobras só vale para aumentar os preços?
Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Manhã