Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Voltar Agressor de Blumenau, em Santa Catarina, teria pulado muro e atacado crianças aleatoriamente, diz a Polícia Militar

O homem de 25 anos que atacou uma creche de Blumenau, em Santa Catarina, na manhã desta quarta-feira (05), teria pulado o muro da escola para agredir as crianças, informou um comandante da PM (Polícia Militar).

Ao menos quatro crianças morreram e outras quatro ficaram feridas no CEI (Centro de Educação Infantil) Cantinho do Bom Pastor, no bairro Velha. O comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar de Blumenau, Márcio Alberto Filippi, declarou a repórteres que o autor do ataque pulou o muro quando cerca de 40 crianças estavam no local.

Ele entrou na creche enquanto elas estavam brincando no parquinho e começou a “desferir golpes com uma machadinha”. A princípio, as agressões aconteceram de maneira aleatória.

Ainda de acordo com o comandante, ao ver as professoras defendendo e chamando as crianças para dentro do prédio, o agressor pulou o muro novamente e deixou o local – aparentemente, de moto – em direção ao 10º BPM, onde se entregou e foi encaminhado à Polícia Civil.

Segundo a Polícia Militar, “quando percebeu que as professoras estavam defendendo as crianças, pulou o muro novamente e saiu de moto. Quando se apresentou à polícia, não falou nada, ficou calado”. O governador catarinense Jorginho Mello declarou  que o homem estava em surto psicótico.

Quatro crianças morreram

Ao menos quatro crianças morreram. Segundo os bombeiros, três meninos e uma menina, de 5 a 7 anos de idade. De acordo com o governo de Santa Catarina, outras cinco crianças ficaram feridas e foram levadas para hospitais da região.

O Hospital Santo Antônio, de Blumenau, informou que quatro crianças feridas deram entrada no hospital: duas meninas de 5 anos e dois meninos, de 5 e 3 anos. “Elas foram atendidas pela equipe de urgência e Emergência e as famílias estão recebendo apoio da equipe multiprofissional da instituição”, informou o hospital.

A quinta criança foi enviada para o Hospital Santa Isabel. O hospital informou que a vítima é uma menina de 5 anos, que recebeu sutura em ferimento no ombro e atendimento psicológico.

A repórteres no local, o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, declarou que está sendo organizado um gabinete de crise e as aulas desta quarta-feira foram canceladas.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Show Da Madrugada