Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Voltar Adolescente é encontrado na França após ficar 6 anos desaparecido

Um adolescente britânico que desapareceu na Espanha seis anos atrás, aos 11 anos de idade, foi encontrado em uma região de montanhas da França. A informação foi divulgada por promotores que investigam o caso.

Alex Batty, agora com 17 anos de idade, foi encontrado próximo da cidade de Revel, que por sua vez fica perto da cidade sulista de Toulouse.

“Confirmamos a identidade dele, que agora retornará ao Reino Unido”, informaram os investigadores à AFP. Nesta sexta-feira (15), eles afirmaram que o retorno deve ocorrer “nos próximos dias”.

A polícia de Manchester, na Inglaterra, informou que o jovem, da cidade inglesa de Oldham, deixou o Reino Unido em setembro de 2017 para tirar férias com a família na Espanha.

Segundo a BBC, a avó do menino, que detinha a guarda dele, Susan Caruana, declarou, no passado, acreditar que a mãe e o avô de Alex tivessem levado a criança para viver com uma “comunidade espiritual” no Marrocos, buscando um “estilo de vida alternativo” sem educação tradicional.

Ao saber que ele havia sido encontrado, a avó declarou ao jornal The Sun: “A mãe dele o sequestrou. Estou tão feliz. Falei com ele, e ele está bem. Está com as autoridades. É um choque”.

Alex Batty foi visto pela última vez na Espanha em outubro de 2017, data em que deveria voltar para casa.

Segundo a BBC, a mãe e o avô, que não têm a guarda de Alex, não foram localizados, mas seguem sendo procurados pelo desaparecimento.

O jornal local de Toulouse La Dépêche du Midi informou que o britânico foi encontrado por um estudante, Fabien Accidini, quando vagava havia cerca de quatro dias na área montanhosa.

Accidini, que entrega remédios para farmácias da área, disse que estava chovendo forte quando ele encontrou Alex e ele contou sua história.

“Ele disse que sua mãe o havia sequestrado. Desde então, ele morou na Espanha em uma casa luxuosa com cerca de 10 pessoas, e teria chegado à França em 2021”, contou.

Ainda segundo o estudante, Alex “vivia com a mãe em uma ‘comunidade espiritual’ na França e não tinha animosidade contra ela, mas queria voltar para a avó”.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Embalos & Loterias